Resenha: Confie em Mim – Harlan Coben

Eu já queria ler esse livro há muito tempo, mas toda vez que ia a livraria sempre tinha outro livro para comprar antes, mas no dia que eu resolvi comprar, me aconteceu algo muito engraçado, eu comprei o livro errado, é isso mesmo, eu comprei o livro errado, era outro livro do mesmo autor e na minha concepção as capas são muito parecidas, e como eu já sabia sobre o que era a historia e fazia um tempão que eu já tinha visto a capa, peguei, paguei e fui para casa, a minha sorte é que o livro que eu peguei errado também é muito bom.

A história:
Após o suicídio do melhor amigo Adam Baye muda totalmente de comportamento, larga todas as atividades que fazia antes, e passa basicamente o tempo todo na frente do computador. Preocupados seus pais decidem então monitorar seu computador, sem ele saber claro.

Nesse tempo Betsy Hill mãe do amigo de Adam que se suicidou encontra uma foto que pode colocar em duvida o suicídio do filho, e ela tem certeza que Adam sabe a reposta, e esse pode ser o motivo pelo qual Adam anda tão diferente.

No inicio os relatórios das atividades do computador, não relatam nenhuma situação preocupante, apenas coisas comuns a um adolescente de 16 anos. Até que uma mensagem deixa os pais de Adam, Dr. Mike e Tia Baye preocupados:

“Fique de bico calado que a gente se safa”

Sem saber o que a mensagem quer dizer e não podendo perguntar ao filho o que significava aquilo, alguns dias se passam sem que eles saibam o que fazer, até que Adam recebe outra mensagem para ir a uma festa regada a bebidas na casa de um amigo, é claro que os pais não o podem deixar ir, para não revelar o segredo da espionagem no computador o pai convida Adam para assistir uma partida de hockey, mesmo dizendo que não quer ir, o pai não deixa alternativa, e ele acaba cedendo, porém no dia do jogo Adam foge de casa e desencadeia uma busca frenética dos pais á sua procura.

A família Baye mora numa tranqüila vizinhança na cidade de Livinsgton – Nova Jersey, e assim como a família Baye que enfrenta seus problemas, descobrimos que apesar da aparente perfeição que essas famílias transmitem, todas elas têm suas tragédias pessoais, um professor que perde o controle ao fazer uma piada e destrói a auto-estima de uma menina de 11 anos e se atormenta por isso, uma família que acabou de perder o filho que cometeu suicídio e se culpam por sua morte, uma família que esta enfrentando a doença do filho de 10 anos, 2 assassinatos e uma investigação policial, todas essas historias se interligam para dar um de tirar o fôlego desfecho a historia.

A história mostra como pais desesperados podem ir até as ultimas conseqüências para salvar a vida dos filhos, respondendo bem a pergunta na capa do livro: “até onde você iria por amor a sua família?” O livro também nos levar a refletir sobre o relacionamento familiar, que é complicado mesmo, questionando quando é a hora de intervir numa situação e quando é hora de simplesmente confiar. É uma leitura que vale muito a pena.

4 comentários:

  1. Oi Juliana!
    Adorei sua resenha e o seu cantinho!
    Eu amo este autor, então sou suspeita para falar. Adorei a trama de Confie em mim, que aborda um pouco mais o lado familiar, sem abandonar o suspense característico dos livros do autor!!!

    Beijos
    Adriana - Mundo da Leitura

    ResponderExcluir
  2. Oi Juliana! Minha primeira vez por aqui! Já estou seguindo!

    O Harlan Coben está na minha lista de próximas leituras urgente! O autor tem ótimos elogios e é um estilo que me interessa muito. Confesso que quando vi a capa do livro aqui no blog imaginei outro, totalmente diferente. Me confundi como você!

    Passe lá pelo blog também!

    ;D
    http://janinestecanella.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Puxa, ainda não conheço nada do autor. E pra ser sincera, não estava nem curiosa. Mas você fez o livro parecer tão interessante com a resenha que eu até animei, haha..

    Beijo!
    Mariana Melo
    www.felizvros.com

    ResponderExcluir
  4. Harlan Coben <3 Amo demais esse cara.

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.