Resenha: Quebra de Confiança - Harlan Coben / Arqueiro




Me diz uma coisa, você gosta de livros policiais, um bom suspense e mistérios aparentemente insolúveis? Então você precisa conhecer os livros de Harlan Coben. E se você esta procurando uma alternativa aos romances sobrenaturais, essa é uma boa pedida.

Quebra de Confiança traz o primeiro caso de Myron Bolitar, personagem famoso do autor que é protagonista em 10 livros já publicados, sendo desses 5 lançados aqui no Brasil. Mas não se preocupe de ter que começar mais uma série, pode ficar tranquilo, por que em cada livro nós conhecemos uma nova história de Myron, seus amigos e seus casos amorosos.

Myron é um ex-atleta profissional que tinha tudo para ser o maior astro do basquete americano, mais uma grave lesão interrompeu sua promissora carreira. Sem nenhuma chance de voltar as quadras, ele decide se dedicar aos estudos e se forma em direito, chegando até a trabalhar para o FBI. Ele decide abrir uma agência de Relações Públicas e para isso conta com seu melhor amigo e braço direito Win, que é uma figura um tanto quanto excêntrica.

Agenciando atletas sem muita expressão eles iniciam o negócio, mas tudo muda quando Myron se torna empresário da maior promessa do futebol americano, Christian Steele. Toda a imprensa está em cima aguardando o fechamento de um contrato milionário.

Mas o passado volta para assombrar Christian e os planos de assinar o contrato podem desaparecer. Há um ano e seis meses atrás sua namorada Kathy Culver desapareceu misteriosamente sem deixar rastros, o caso foi amplamente divulgado na mídia e ele foi até considerado suspeito, mas a única prova encontrada o inocentou, e o paradeiro dela nunca mais foi localizado e nenhuma outra pista surgiu.

Até agora, poucos dias antes de assinar o contrato, Christian recebe em casa uma revista de conteúdo pornográfica onde um dos anúncios esta estampado com a foto nua de Kathy, o que o deixa desesperado para encontrá-la, o que será que aconteceu? Quem enviou a revista? Quais serão as repercussões se a mídia descobrir? Desesperado ele pede ajuda a Myron para solucionar esse mistério.

Outro fator que acrescenta mais mistério a isso tudo, é que apenas três dias antes de Christian receber a revista, o pai de Kathy, Adam Culver morreu em circunstâncias bastante suspeitas princiapalmente para sua filha mais velha Jéssica, que não aceita que seu pai foi assassinado em um assalto, para ela existe alguma coisa muito mal explicada nessa história. Jéssica também procura Myron para ajudá-la a entender o que aconteceu, e ele é claro se prontifica a ajudá-la ainda mais por que os dois tem um passado juntos.

Como a foto de Kathy foi parar em uma revista pornográfica? E a morte do seu pai, tem alguma coisa haver com o seu deaparecimento? Será que ela está mesmo desaparecida, ou esta se escondendo de alguém? Quem teria interesse em enviar aquela revista? São essas repostas que Myron vai tentar responder ao mesmo tempo que lida com sua antiga paixão, empresários desonestos, gângsters e assassinos querendo sua cabeça.

É impossível não se encantar com o Myron, ele é engraçado, sarcástico, inteligente e é claro bonitão, mas tem uma coisa que me incomoda nele (que pode ser considerado uma qualidade ou defeito dependendo do ângulo que se vê), mesmo sendo o combustível para todas as suas historias, que é o fato de querer ajudar todo mundo ao mesmo tempo.

O mais incrível nos livros do Harlan Coben é como ele consegue escrever de um jeito vibrante do início ao fim, tornando o livro todo dinâmico, te fazendo devorar página a página para chegar ao final. Outra caracteristica de seus livros é que ele é contado do ângulo de vista de vários personagens, então vamos entendendo a historia em pequenas doses que vão revelando o enredo (os personagens estão sempre ligados de alguma forma) até que tudo se junta em um final de tirar o fôlego.

Nota:

20 comentários:

  1. Já li um livro do Harlan com o Myron, aliás, meu primeiro livro do Harlan, Quando ela se foi, e amei. No começo não gostava do Myron, mas ao longo da leitura fui gostando da personalidade dele e o entendendo melhor. Enfim, o Harlan sabe como escrever uma estória que nos prende do começo ao fim mesmo, gostei do modo que ele narra e coloca os mistérios no livro. No começo pensamos ser um caso complexo, mas no final vemos o desfecho, simples até, mas surpreendente.
    Esse me parece ser mais um livro assim, como você mesma escreveu. Enfim, pretendo ler todos os livros que puder do Harlan <3

    Beijos ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando ela se foi, também foi meu primeiro livro do Myron como protagonista, achei ele meio arrogante no começo mais depois me apaixonei pelo personagem. Os livros do Harlan são todos cheios de misterio que como você mesmo disse podem ser simples, mas não deixam de surpreender.

      Beijos

      Excluir
  2. Nunca li nenhum livro do Myron, mas pelo o que você descreveu parece ser muito bom! adorei a capa e adorei a história do livro, quem não adora um livro vibrante do começo ao fim? kkkkk mesmo não sendo o meu estilo me interessou muito *-*

    Awn *-* nossa caixinha de correio ficou fofa né? kkkkkk adoro a história da Emily the Strange, e também amo a série hush hush!

    Agente já postou lá, quer ler? http://falleninme.blogspot.com/ desde já obrigada!
    - Mica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mica, que bom que você gostou da resenha, eu adoro os livros do Harlan, tanto pela historia como pela forma de nos contar ela, é sempre de tirar o folego. Se você gosta de um bom suspense e de livros policiais você gostar com certeza.

      A Emily é uma fofa, estou ansiosa para o próximo volume que vai ser lançado ano que vem, a caixinha de correio ficou uma fofura.

      Beijos

      Excluir
  3. Amei sua resenha, as vezes agente precisa fugir um pouco dos sobrenaturais, não é?!
    Eu me interessei muito em ler esse livro, adorei!! ^^

    Adorei os quotes que vc postou no blog!!
    Beijoss
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mila, é verdade as vezes é bom dar uma fugida dos romances sobrenaturais, para mim os livros do Harlan são excelentes e sempre uma boa pedida.

      Que bom que gostou das quotes.

      Bjs

      Excluir
  4. Oi Ju, primeira vez que passo aqui no blog e adorei o jeito que você escreve.
    Ainda não li livros da Harlan, mas eu adoro romances policiais, e sei que preciso resolver isso logo. Mesmo com histórias independentes, prefiro ler em ordem, então vou deicar para ir lendo assim.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, que bom que você gostou!
      Eu adoro romances policiais e os do Harlan Coben são excelentes. A editora Arqueiro está lançando os livros na ordem agora assim fica mais fácil! Boa leitura para você.

      Excluir
  5. ótima resenha!!
    apesar que eu não sou muito fã desse autor, li esse livro e alguns outros dele, mas não me conquistou. pelo menos tentei. sempre gosto de ler outros generos de livros diferentes para poder ter uma opinião melhor. Percebi que prefiro mesmo YA e fantasia.

    http://lostgirlygirl.blogspot.com.br/

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os meus preferidos também são os YA e os de fantasia, mas as vezes eu gosto de ler um livrinho assim, só para abstrair.

      Beijos

      Excluir
  6. Ju, você não tem noção do quanto eu quero conhecer essa narrativa eletrizante do Harlan Coben. Todo mundo fala tão bem!
    E acho que essa foi uma das melhores resenhas de "Quebra de Confiança" que eu li até agora. Foi a mais instigante. Adoro personagens sarcásticos, sabia? Sempre me acabo de rir.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro personagens sarcásticos e o Myron é totalmente assim, tenho certeza que você vai gostar e rir muito com ele.
      Obrigado pelo elogio.

      Beijos

      Excluir
  7. Sua resenha só me deixou com mais vontade ainda de ler os livros dele. Peguei um esses dias para comprar, mas acabei deixando e me arrependi.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bom é que os livros são baratos, então dá para encanixar no orçamento, dá proxima dá para comprar.

      Beijos

      Excluir
  8. Ah, muitas pessoas comentaram dizendo que não gostam de Diários do Vampiro, que bom que você se sentiu como eu ao ler o livro, é sempre muito legal ver pessoas com a mesma reação que a gente.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto dos livros, mais a série eu acho fraca. Os livro realmente me empolgaram, e como eu gosto de vampiros fica meio dificil não gostar.

      Beijos

      Excluir
  9. Nossa,
    adorei conhecer mais! Nem sabia nada sobre esse livro, apesar de ter curiosidade em ler algo do Harlan! E esse parece mesmo bom.. Gosto de investigação (apesar de ter medo)
    Vou tentar ler um dia pra conhecer! Ah adorei o ' ele é engraçado, sarcástico, inteligente e é claro bonitão' gente sarcática rules!

    bjs
    Hey Evellyn!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livro do Harlan são os melhores que eu li, de investigação policial, te prende do inicio ao fim e não é obvio, e os livros do Myron são os melhores.

      Beijos

      Excluir
  10. Eu preciso mesmo de uma folga do sobrenatural por uns tempos, eu li recentemente um thriller policial e gostei muito, acho que vou investir nesse genero e Harlan Coben parece perfeito pra começar já que todos dizem que os livros dele são excelentes.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Eu gosto do Harlan Coben, tenho até vários livros dele, mas dou intervalos grandes entre um e outro pq fico muito tensa qnd leio os livro dele. São ótimos mas nem sempre me fazem bem!!!

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.