Resenha: Fábulas - Lendas no Exílio (HQ)



Quem acompanha a caixinha de correio do blog, deve saber que essa era uma das HQs que eu mais desejava, e demorou muito para conseguir, por que estava esgotado em todos os lugares, mas com o relançamento do encadernado 1 pela Panini, eu não poderia deixar de comprar.

Acho que nos últimos tempos os contos de fadas estão passando por uma repaginação, se tornaram mais sombrios, e vemos o pior lado das fábulas que nos acompanha desde crianças, e como eu gosto disso, por que eu sempre tive um problema grande com aquele "E foram felizes para sempre...", concordem ou não, isso é vago demais.

Se vocês acompanham o seriado Once Upon a Time, vão achar muito semelhante o fato de que em Fables, as fábulas também vivem todas numa mesma cidade, pelo que eu conheço do seriado as semelhanças acabam aí, por que na HQ, as fábulas tiveram que sair de suas terras natais, pois estas, estavam sendo invadidas e dominadas por um terrível inimigo, conhecido apenas como o Adversário. Sem alternativa tiveram que se mudar para outro lugar, então foram para a cidade de Nova York, onde vivem em segredo e formam a comunidade das fábulas. Muitos perderam suas terras e fortunas, por isso são obrigados a terem ter trabalhos normais.

Porém nem todas as fábulas podem viver juntos com os outros seres humanos, aqueles que são animais, ou tem formas inumanas e não podem pagar por um bom feitiço de transformação vivem na Fazenda.

Apesar de terem de viver de acordo com as leis humanas, eles também tem uma administração própria, e sua própria polícia. O que eu achei genial, por que a vice-prefeita da cidade das fábulas, aquela que realmente manda e desmanda a seu bel prazer, é a Branca de Neve, e o delegado é o (genialmente) regenerado Lobo mau (nem tenho como dizer o quanto gostei disso). 

Nesse primeiro encadernado acompanhamos a investigação de um crime (viram mais semelhanças com outra série?), o possível assassinato de Rosa Vermelha, a irmã da Branca de Neve, entre os suspeitos temos o namorado dela, João (aquele mesmo dos feijões) e Barba Azul, tenho que dizer que adorei o método de investigação do delegado Bigby (o Lobo mau), uma abordagem enérgica e hilária, com certeza ele é o bad copy.

Em muitos filmes de investigação, sempre temos aquela parte em que o investigador revela todas as suas descobertas, numa clássica cena, conhecida como cena do salão, onde todos os suspeitos acabam por estar no mesmo lugar, e de acordo com o lobo esse é o sonho de sua vida, e com o baile anual da recordação, para ele foi o lugar perfeito para solucionar o crime, e tenho que dizer que eu realmente não esperava aquele desfecho.

Eu fiquei muito feliz como mostraram o Príncipe Encantado, que mãe nesta vida não disse para a filha que ela ia encontrar o seu (espero que não tenha sido só a minha a compartilhar esse momento de vergonha alheia), é, por que no fim das contas o que sempre importava é que eles "foram felizes para sempre", eu sempre desconfiei que tivesse algo de muito errado com ele, e agora com Fables minhas desconfianças foram confirmadas, sabe por que, por que é o mesmo príncipe em todas as histórias, ele ficou com a Cinderela, Bela Adormecida, Rapunzel, e a própria Branca de Neve, que aliás o encontrou na cama com sua irmã. E além de ser um cafajeste inveterado, também é um tremendo trambiqueiro. Quem diria!

Agora vamos a polêmica, muitos fãs da HQ acusam as redes NBC e ABC, ambas produtoras respectivamente das séries Grimm e Once Upon a Time, de plágio, isso porque as duas redes de televisão tiveram em negociações para transformar Fables em série, sendo a NBC em 2005 e a ABC em 2008, ambas rejeitaram a ideia, porém é inegável a semelhança de ambas as séries com a HQ. O autor da HQ Bill Willinghan, fez uma divertida entrevista com ele mesmo, onde diz que não acredita que os produtores de Once tenham plagiado a HQ, e que ainda por cima acompanha os episódios de Once Upon a Time. O que mais gostei da entrevista, foi que ele declarou que ele mesmo se inspirou em outras histórias para criar as suas, e que isso não é plágio. Mas que é semelhante, isso é. (Saiba mais aqui e aqui)

Nota:

19 comentários:

  1. Oi Jú,
    Como eu sou uma amiga blogueira relapsa não sabia que vc estava querendo essa, aqui perto da minha casa tem uma livraria só disso, quando vc precisar me fala que passo lá e vejo pra vc
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Há o recado aí do Philippe, esse cara com jeito de mendigo é eu marido, escrevi com o gmail dele logado uahauahaua
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. há não é "eu marido" é MEU marido hahahahaha
      acho que to um pouco enrolada hoje kkkk

      Excluir
    2. Mendingo???? Ri muito. Bem, que eu achei engraçado, como assim? Acho que não conheço ele, e esta me chamando de Ju?
      Que legal, tem uma livraria perto da sua casa só de HQ, SONHO DE CONSUMO TOTAL, obrigado pela oferta, se eu precisar falo com você, mais por enquanto estou conseguindo encontrar os títulos que resolvi ler, que são poucos.

      Beijokas

      Excluir
  3. Cara, que interessante! Também curto essa repaginação dos contos de fada. É bom e ajuda a quebrar certos esteriotipos, tipo a princesa frágil, o principe machão etc etc.
    Não conhecia a HQ, pq nesse ramo sou extremamente ignorante (não leio mt HQ) mas me interessei bastante! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro essa repaginação, por que sempre tive problemas com o "foram felizes para sempre", e essas novas histórias dão uma ótima alternativa.

      Beijos

      Excluir
  4. AHH, foi você que me recomendou essa HQ no Twitter não foi?! Eu fiquei muito interessada mesmo, tenho um baita interesse em ler HQ's e essa, com os contos que lia quando criança totalmente diferentes. Não acredito que o príncipe encantado é o mesmo com todas as outras princesas! AI.MEU.DEUS que cafajeste! HAUSHAUSHU E imaginei a Branca de Neve como vice-prefeita e tudo *O* Quero pra já essa HQ :/ E achei legal o autor dela esclarecer sobre a história de plágio, se inspirar em outras coisas para produzir algo não é plágio né --' rs

    Beijos ><
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, foi, acho que até cheguei a falar das acusações de plágios que os fãs fazem.
      Eu também adoro essa repaginação dos contos de fadas, e o Principe Encantado nunca me enganou, eu sabia que tinha algo de errado com ele.
      A Branca de Neve esta awesome.
      Eu adorei o que o Bill disse, por que eu acho que houve uma inspiração sim, mas plágio, não, até por que ninguém seria tão estupido.

      Beijos

      Excluir
  5. Confesso que quando vi a capa do livro aqui no seu post não me animei muito mas após lê sua resenha mais uma vez, adorei e fiquei bem curiosa para ler. Sobre essa polêmica de plágio e inspirações não sei bem o que dizer, prefiro não opinar a principio; mas amo essa temática dos contos de fadas na atualidade, mega interessante. Vejo e leio tudo que posso desse tema, valeu por mais uma dica. Te espero lá no meu LVP viu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é bem feinha mesmo, mas a história é awesome. Com direito a investigação policial e tudo mais.
      Sobre o plágio eu penso assim, estamos numa época em que as histórias dos contos de fadas, estão sendo recontadas sobre um novo angulo(s), e eu acho que é meio inevitável ter semelhanças entre as histórias, mais para mim o lance todo da polêmica é que a HQ é muito famosa, e o seriado fez um sucesso gigantesco também, e atinge um publico bem maior, se ele não tivesse feito esse sucesso não teria polêmica.

      BEijos

      Excluir
  6. ola, nunca li HQ, e fiquei muito curiosa com sua resenha, vi algumas semelhanças com o seriado, eu vi poucos episódios e achei bem legal..

    beijoss
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava atrás dessa HQ há tempos, desde que ouvi falar bem dela em um podcast que eu ouço, mais foi dificil de encontrar, por que estava esgotado em todos os lugares. Eu não sei bem o que esperar dos proximos encadernados, mas tenho a esperança (sensação) de que eu vou gostar.

      Beijos

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Oi Ju,
    Adorei a resenha!!!
    Nunca li nenhum HQ e estou com muita vontade de começar por esse!
    Ah minha mãe tbm falou q eu ia achar o meu príncipe encantado, mas agora q sei q de encantado ele só tem mesmo o nome eu estou dispensando! kkkkkkk
    Eu sou uma fã declarada de Once Upon a Time, simplesmente amo a série (e estou morrendo aos poucos esperando a segunda temporada rsrs) e saber q a história "lembra" a série só me anima mais ainda em querer ler!!! Sobre a coisa do plágio... bom eu sou suspeita pra falar( pq afinal sou fã da série) mas eu concordo com o autor e tbm não acho q esse seja o caso ;)

    Aaaah sobre o "Ladrão de Olhos" eu sempre fico feliz quando vc destaca nossas resenhas!!!
    E saber q vc comprou o livro por causa dela me deixa ainda mais feliz *-* Espero q vc goste tanto quanto eu gostei, e estou louca para ver a sua resenha ;)

    Tem resenha nova lá no blog, quer ler?
    http://falleninme.blogspot.com/ Desde já obrigada!

    -PatyScarcella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mães e príncipes encantados, vai entender.
      Eu também não acho que tenha alguma coisa de plágio, apesar de que eu só li o encadernado 1, e quando o autor deu essa declaração a série ainda estava nocomeço, mais mesmo assim, eu não acredito que houve plágio.

      Quando eu ler, e fizer a resenha, eu vou indicá-las de novo, por que foi uma excelente dica de leitura, eu amo esse tipo de história.

      Beijokas

      Excluir
  9. Eu não tenho nenhum conhecimento em HQs, acho que você me mostrar 10 eu vou falar que não conheço os 10!
    Apesar de não ser meu estilo favorito, esse parece ser bem legal.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tinha muito conhecimento sobre o assunto, mais como me interesso muito por essas coisas nerds, e passei acompanhar melhor esse mundo nerd, comecei a me deparar com títulos de HQ bem interessantes, e aí fui atrás, e me apaixonei.

      Beijos

      Excluir
  10. Eu nunca tinha ouvido falar nesse HQ mas fiquei muito curiosa, pois gosto de adaptações de contos de fadas. Pelo que você descreveu não parece nem um pouco com OUT, talvez a temática de tira-los do mundo de contos de fadas, mas as circunstâncias são bem diferentes. Vou procurar pelo HQ e espero consegui encontrar, porque parece ser muito bom.
    Com relação ao príncipe encantado eu sempre me perguntei porque alguns deles não tinham nome, rsrs talvez essa seja a resposta.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  11. Finalmente Fables! (:
    Eu não sou muito fã de algumas repaginações de contos de fadas, e quando fui assistir Once Upon a Time fiquei pensando "oh really? SÓ isso?". Sei lá, a divulgação foi gigantesca e os episódios nem são tão uaaaaau assim.
    Mas³ eu acho a idéia de Fables legal. Li em inglês e existem certos aspectos (como a reabilitação do Lobo Mau, por exemplo, ou o João ser um personagem único) que são muito legais. A história é engraçada, tem ação e etc sem forçar as coisas, é admirável. :3

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.