Resenha: Just Listen - Sarah Dessen / Farol Literário


Ano de Publicação: 2006
Título Original: Just Listen
Páginas: 308

Alguns livros são extremamente difíceis de resenhar, de vez em quando eu passo por um bloqueio e não consigo escrever nada que preste, quanto mais eu gosto do livro mais difícil é.

E com esse livro aconteceu exatamente isso, eu amei demais, me identifiquei, senti uma gama de emoções enquanto o lia, então eu peço desculpas se não ficar lá essas coisas, por que, por mais que seja difícil, eu tinha que fazê-la e contar para vocês o quão boa escritora a Sarah Dessen é.

Quando os blogs que eu leio afirmam que um livro é muito bom, ou que um autor vale à pena, é quase automático o meu interesse, não que eu GOSTE de tudo, mas é sempre bom conhecer novos autores, e foi assim com a Sarah Dessen, eu não sei se vocês conhecem o Nem um pouco épico, é um dos blogs que eu mais me identifico com o conteúdo, então quando eu li sobre a Sarah Dessen lá, me despertou uma vontade enorme de ler os livros dela.

E já que eu me interesso por YA contemporâneo (para saber mais clique aqui) achei que valeria a pena comprar os livros, mesmo sendo absurdamente caros.

Chega de enrolação...

Annabel Green tem uma vida aparentemente perfeita, é uma garota popular, trabalha como modelo e é famosa em sua cidade, tem uma família amorosa e uma casa confortável, mas as aparências enganam, enquanto finge ser a garota perfeita que tem tudo, ela esconde seus sentimentos, seja para evitar conflitos ou para não magoar as pessoas que ama.

E é por isso que Annabel passa todo o verão trancada no quarto, depois de uma festa desastrosa onde foi pega com o namorado da melhor amiga ela não conta para ninguém o que aconteceu, assim Annabel precisa fingir mais ainda para manter as coisas no lugar, seus pais não sabem do ocorrido, e com a proximidade da volta às aulas terá que suportar todos os amigos contra ela.

Eu estou muito acostumada a ler livros com romances sobrenaturais, e eu muito dificilmente me identifico com algum personagem, ou com alguma situação pela qual ele passa, mais com esse livro a cada virada de página eu me identificava mais com diversas situações.

Não com todas é claro, por que o “segredo” que a Annabel esconde não é algo pelo qual eu já passei, mais não é uma situação mirabolante, infelizmente, as pessoas passam por isso, algumas se calam por vergonha como a Annabel fez, outras não. E é por isso que eu gostei tanto do livro, ele nos apresenta uma história que poderia acontecer com qualquer um, os personagens tem sentimentos e atitudes que eu e você também temos, por isso é tão fácil se identificar, os personagens são humanos e agem como tal.

Annabel precisa aprender que guardar as coisas para si não faz bem, guardar um segredo ou mesmo alguns descontentamentos do dia-a-dia só afeta a ela e mais ninguém, do que adianta poupar a família e os amigos daquilo que a desagrada ou machuca, se é ela que vai continuar com aquele sentimento.

Eu entendi o sofrimento de Annabel, esse medo de contar para a família alguma coisa, será que vão acreditar? O que vão pensar de mim? Por exemplo, Annabel tem medo de magoar a mãe, e por isso não diz para ela que não quer ser mais modelo, tá eu nunca fui modelo mais algumas coisas eu também não conto para minha mãe, por medo de magoá-la. Não dá para guardar tudo com a gente, mas é tão difícil ver alguém que a gente ama triste ou decepcionada.


Às vezes de onde menos esperamos vem à ajuda, aquele empurrão, a motivação para seguir em frente. E com Annabel foi exatamente isso que aconteceu. Por estar sozinha na escola, sem nenhuma amiga, ela acaba conhecendo Owen, o bad boy, só que ele não é nada daquilo que ela imaginava. Na verdade ele é um garoto como outro qualquer, e Annabel percebe o quão preconceituosa as pessoas da escola são em relação a ele. E é exatamente da relação dos dois que Annabel passa a se expressar melhor. Isso por que Owen não mente, ele sempre fala a verdade, por mais que isso possa magoar alguém, e ele a estimula a fazer a mesma coisa. Principalmente através da música, isso por que ele é DJ e tem um programa na rádio comunitária de Lakerview, e lá ele tem total liberdade para por as músicas que mais gosta, e podemos dizer que o gosto musical dele é “peculiar”, e quando ele pede a opinião dela, a discussão resultante é hilária.

Depois que conheceu Owen, Annabel se descobriu, precisou passar por muitos conflitos internos, brigas com os seus sentimentos, para enfim revelar o seu segredo, que não é fácil, mas todo o seu medo, de que as pessoas não fossem acreditar nela, enfim, não passa de um medo sem fundamento. E o final é lindo!

Esse livro é sobre relações, sobre descobrir a si mesmo, sobre aparências e segredos, aborda alguns temas sérios, mesmo que não seja o foco, e também tem romance, tudo de uma forma natural e super agradável de ler, as coisas acontecem no ritmo e tempo certo, e quando você chega a última página fica desejando mais.

Uma curiosidade sobre a autora é que suas histórias sempre se passam em duas cidades fictícias, Lakerview ou Colby, por isso é comum que alguns personagens e lugares, sejam vistos em outras histórias, por isso o legal é ler os livros na ordem. Mas como aqui no Brasil nós só temos três livros publicados, eu comecei por esse que é o mais antigo das três publicações. Notícia boa, a ID divulgou mês passado que lançará That Summer, o primeiro livro da Sarah, parece que eles pretendem lançar os livros dela na ordem.

Então é isso gente, para quem gosta de histórias que fogem da temática sobrenatural, os livros da Sarah Dessen são uma boa pedida, uma característica que achei muito interessante, mais pode não agradar a todos, é que não há muita descrição da paisagem e dos personagens, tem algumas características sim, mas autora não se prende muito a isso. 


Nota:

15 comentários:

  1. Sou louca para ler os livros da autora. Uma amiga minha fala muito bem dela.
    Esse já está na minha lista.

    Beijos,

    Carissa
    Arte Around the World

    ResponderExcluir
  2. Nunca ouvi falar da autora, vou pesquisar mais sobre ela, gostei da sua resenha... gostei do tema do livro tb..

    beijoss
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Awn, tô doida pra ler algo dela, gostei de como é a narrativa da autora e sobre o que se trata esse livro, com certeza entrou pra minha lista de desejados <3

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ah que livro maravilhoso Juh, fiquei com vontade de ler. rs

    Lindona, tem um meme lá no blog para você, espero que goste.
    Beijooos
    Meus livros, meu mundo.

    ResponderExcluir
  5. Miga já tinha ouvido muita coisa boa sobre esse livro, mas sua resenha me deixou apaixonada e mega curiosa para ler essa história. Adooooooro sua escrita, vc já está mega cansaga de saber né!!! bjos e sucesso pro seu blog coisa mais linda!!!!
    Te espero lá no meu LVP viu!!!

    ResponderExcluir
  6. Aiii, quero tanto ler algum livro da Sarah Dessen! Mas são muiiito caros, então, tenho que esperar alguma promoção! :P

    Gosto de livros onde a autora não se prende tanto a descrições e características. Acho que esse tipo de narrativa faz a leitura se tornar demorada! Então eu provavelmente vou gostar dos livros dela! ^^

    http://chicklitobsession.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha!
    Eu não conhecia o livro mas já me identifiquei com ele! Puxa esse negócio de guardar segredos com medo do que as pessoas vão falar é horrivel!

    Vou colocar na minha listinha pra ler!
    Beijokas

    ResponderExcluir
  8. fiquei curiosa quanto a sarah dessen desde a semana dessen do NUPE e do amount of words. mesmo não sendo exatamente o meu tipo de livro a proposta de contar histórias de garotas normais é ótima.
    quanto a isso da resenha, sei como é! as vezes sinto que não conseguirei transmitir o leitor meus sentimentos sobre o livro... mas o importante é tentar, né ;)

    ResponderExcluir
  9. oie!
    Fala a verdade moça, já te pegaram no teti a teti com um "proibido"... kkkkkkkkkk
    Mas eu achei a história muito legal, me lembrou do carinha daquele filme: dez coisas que odeio em vc.
    Eu li certo? Vai rolar um book tour dele, aqui? kkkkkkkk
    Droga eu tinha um lance sério pra falar e fiquei brincando esqueci...
    bjos

    ResponderExcluir
  10. oi Ju
    ta sumida... some nao...

    beijoss
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Juliana!

    Esse é um livro que tenho vontade de ler! Ainda não li nada de Sarah Desses, mas ouço muita gente por aí falando bem dela e seus livros estão ficando cada vez mais famosos pela blogosfera. Pretendo conhecer seu trabalho por Just Listen.

    Flor, gosto muito do deu blog, gostaria de saber se faz parcerias, e se toparia se tornar parceia do blog Best Therapy!

    Beijos,

    Marcelle
    http://bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Nossa como você dise que tanta gente falar acaba que queremos super ler pela indicação, mas eu sempre fico com medo de não gostar, pois é bem decepcionante.

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Ju, tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler algum livro da Sara Dessen, mesmo tendo lido algumas críticas que não eram muito boas. Consegui o ebook de Just Listen e em breve vou lê-lo :), mas os que eu mais quero ler dela são Dreamland, Lock and Key, The Truth about Forever e This Lullaby.
    Beijos!
    http://thebooksthief.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Morro de vontade de ler os livros da Sarah Dessen, estou quase lendo os e-books, mas esse é o tipo de livro que eu tenho vontade de ter aqui na estante, sabe? Mas sou tão mão de vaca que estou enrolando para comprar! ahhahahaahh
    Te entendo quanto a dificuldade para falar de certos livros, isso acontece comigo também. É tão bom quando lemos um livro e nos identificamos, né? Faz um tempinho que isso não acontece comigo =(
    Eu também não conto tudo para minha mãe e para qualquer outra pessoa, sei lá, acho que tem coisas que só importam a mim, mas tem coisas que realmente não é legal ficar guardando segredo.
    Ouvi falar que os livros tem uma certa "ordem" e que o primeiro livro não foi lançado, por que as editoras fazem isso? argh

    ResponderExcluir
  15. Li esse livro e amei, me encantei pela narrativa da Sarah Dessen. Quero ler outro livro dela logo.
    Também fiz resenha no blog desse livro, se quiser conferir.
    Beijo

    http://allmylifeinbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.