Resenha: As Irmãs Grimm: Suspeitos Incomuns - Michael Buckley / Editora Pandorga



Ano de Lançamento: 2005
Título Original: The Sisters Grimm #2: The Unusual Suspects
Páginas: 280
Apesar de ter gostado bastante do primeiro volume dessa série, eu não tinha a pretensão de comprar o vol. 2 agora, mas como me deparei (na verdade quem achou foi minha irmã, e ela disse me obrigou que eu tinha que contar para vocês) com ele na livraria, resolvi levar, por que não?

Eu adorei o plot da série, a história é encantadora, não só por envolver as criaturas dos contos de fadas, como também os personagens dos clássicos da literatura mundial. Outra coisa que eu gosto bastante, e vejo não só nesse livro, mas como em outras histórias sobre contos de fadas, é a regeneração do Lobo Mau, em Fables ele é o delegado, em Grimm ele ajuda o personagem principal, e em As Irmãs Grimm ele também esta atrás de redenção, por isso ele é o fiel companheiro e amigo da vovó Grimm.

Vale ressaltar que, como eu disse na resenha do primeiro livro, os Sobreviventes vieram para os EUA por que não havia mais estabilidade para conviverem com o os seres humanos - na Europa - uma guerra e possível massacre estava prestes a acontecer, por isso os irmãos Grimm, trouxeram o máximo de sobreviventes que puderam para os EUA, mas muitos outros não vieram. Já em terras americanas, quando um grande número de seres humanos começaram a se mudar para a cidade, que aparentava ser uma cidade comum, a tensão voltou a crescer, e quando um plano macabro foi descoberto pelos Grimm, eles precisaram intervir, assim enfeitiçados, nem Grimms nem os Sobreviventes poderiam sair da cidade. O feitiço só seria quebrado quando o último Grimm morresse.

Mas os Grimms não são inocentes em relação aos Sobreviventes, sempre se mantem em alerta e vigiando bem de perto a ação deles.

Tem uma coisa que vem me intrigando muito em relação a série, que eu espero que seja um mistério a ser resolvido, e não um erro do autor, se os Grimm sofrem a ação da barreira e também não podem sair da cidade, como foi que o pai das meninas, Henry, conseguiu ir embora de lá? Espero ansiosa pela resposta.

Mas vamos enfim a resenha do livro...

No primeiro volume, a vovó Grimm e Sr. Canis haviam sido sequestrados por um gigante, e coube as meninas, Sabrina e Daphne - que não tinham nenhum conhecimento sobre o assunto, na verdade, eles não entediam só de gigantes, elas não faziam idéia de que contos de fadas eram reais - encontrá-los, então elas precisaram de ajuda, e contaram com Puck – o menino fada “pestinha” –  e com João (aquele mesmo) para os resgatar.

Além de resgatarem a vovó, as meninas também descobriram que seus pais estão vivos em algum lugar, presos por um feitiço tão poderoso, que não consegue ser quebrado por nenhum item do salão das maravilhas – que é o espelho mágico do conto da Branca de Neve, que contém um enorme salão que guarda milhares de itens mágicos coletados pelos Grimm –  o que deixa, principalmente, Sabrina muito frustrada, por que apesar de ela tentar sempre, ela não consegue chegar a lugar nenhum. Mais irritada ainda, ela fica por achar que a avó e a irmã, não estão nem aí para a condição de seus pais.

Por isso ela se torna bem inconveniente nesse livro, sua frustração exala em cada poro, e para ela cada Sobrevivente é um suspeito em potencial, por isso ela não suporta ver a vovó e a irmã convivendo tão pacificamente com eles.

Sabrina e a irmã inventam de tudo para não ir a escola, mas depois de três semanas as desculpas acabam. Logo no primeiro dia de aula tudo parece dar errado para Sabrina, enquanto Daphne se torna a mais popular de sua turma. O professor é chato, a turma só faz rir dela, alguns valentões começam a implicar, e no final do dia, acaba terminando na sala do orientador depois de dar um soco numa valentona. 

Alguma dúvida de que algo terrível acontecerá na escola, agora que as Grimm estudam lá? Então, antes de ir embora, Sabrina encontra algo horrível em sua sala de aula, o professor - um humano - foi morto, e depois que a vovó Grimm chega e começa a investigar a cena do crime, tudo leva a crer que, o crime foi cometido por um sobrevivente, e uma marca encontrada na sala, é a mesma que foi encontrada no local de desaparecimento dos pais das meninas.

Sabrina não queria se meter em outra investigação, mas esta, tem conexão direta com o desaparecimento de seus pais, e para ela todos os sobreviventes são suspeitos, isso faz com que ela se torne bastante chata, suspeitando de todos, até da pobre coitada da Branca de Neve. 

O problema é que mesmo que os Grimm e os Sobreviventes não sejam os melhores amigos, nem todos eles são ruins, mesquinhos e maldosos, ao por todos na mesma balança, Sabrina acaba ofendendo aqueles que realmente querem ajudar e querem seu bem.

O crime a princípio parece sem solução, por que tudo leva a crer, que o que matou o professor foi uma aranha gigante, mas a vovó Grimm, que é muito esperta - e engraçada - sempre consegue seguir a pista certa, e ao chegar bem próximo do real motivo do assassinato, descobre uma conspiração muito maior, que colocaria a vida de todos em risco. 

Assim como no livro 1 em que as meninas tem que resolver um mistério, o livro 2 é basicamente isso também, mas ele evolui bem, por que agora as meninas já sabem sobre os contos de fadas, novos personagens são introduzidos na história, como a Branca de Neve que tem mais destaque, e apesar de sentir que ficou meio óbvio quem eram as criaturas que estavam cometendo os crimes, a revelação do Rumpelstiltskin me surpreendeu bastante. 

Mais uma vez, A Mão Escarlate, que é uma organização que age dentro e fora da barreira de Ferryport landing é citada, ainda não fica claro o que eles querem, mais sabemos ao certo que foram eles que sequestraram os pais de Sabrina e Daphne.

O final do livro, bom não tem final, sabe quando você esta vendo um episódio muito bom da sua série preferida e no momento mais crítico, ele termina e aparece aquele famoso "to be continued", é mais ou menos assim que o livro termina, e você quer mais.

Acho que a ação mesmo da história começa a partir do terceiro, e já vou alertando a vocês de uma coisa que eu só descobri há pouco tempo, essa série tem 10 volumes, mas quando a série é boa, vale a pena. Mas é bom saber antes de ler. O final, como eu disse, é angustiante, e somos apresentados a um personagem assustador, que eu não posso dizer quem é, mais, nem um milhão de anos eu poderia imaginar que  fosse vilão, e isso o torna ainda mais sinistro.

Nota: 

7 comentários:

  1. Mais uma série grande que você começa a ler hein?! Mas poxa, essa me parece tão boa e me interessei muito mesmo, gostei que o segundo livro evoluiu bem e esse final que você fala? Quero ler esses livros :///

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho esse dom, sabe, de descobrir que os livros que eu to lendo são o primeiro de uma longa série. Mas valeu a pena.
      O final do livro é de matar, estou ansiosa para o próximo.

      Bjs

      Excluir
  2. Achei sei blog aleatoriamente no mundo magico da internet e agora estou apaixonado por ele, adorei suas resenhas e as recomendações de livros que encontrei aqui. :]

    ResponderExcluir
  3. Miga adoro suas resenhas vc já sabe, parabéns por mais uma bem escrita =)
    Fiquei curiosa para ler essa série mas como vc avisou fico feliz em saber que a série tem 10 livros e que um meio que depende do outro =)
    bjos

    ResponderExcluir
  4. uau que resenha
    nem li o livro 1, mas sua resenha é tão viciante que não tem como parar de ler rs
    imagino o livro. Adoro quando o final nos deixa ansioso para mais, muito mais...
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi Ju!
    Adoro suas resenhas e apesar não ter lido o primeiro fiquei empolgada pra ler!!
    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oie...
    Amei sua resenha!
    Sempre tive vontade de ler essa série mais nunca vi o livro para comprar por aqui rsrs
    Dica anotada!
    Seguindo vc viu?

    Obg pela visita lá no blog!
    tem resenha nova lá se vc quiser ir lá e deixar um coment...
    http://falleninme.blogspot.com
    Bjão

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.