Retrospectiva literária 2013

Retrospectiva Literária é promovida pelo blog Pensamento Tangencial.

Eu sou péssima em programar as coisas, por isso as retrospectivas que eu queria fazer, só vão sair ano que vem, mas, para não ficar sem nada, decidi participar da Retrospectiva Literária, que é super bacana, tentei ser o mais sucinta possível, por que são muitas perguntas, espero que gostem! (Juro que tentei formatar o post, mas o blogger não deixa.)

A aventura que me tirou o fôlego: O Ladrão de Raios foi excepcional, fiquei apaixonada pelas aventuras de Percy e seus amigos, ainda preciso terminar a série, e devorar todos os livros do Rick Riordan.

O terror que me deixou sem dormir: Não li nenhum, mas as fotos no livro O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares, me deixaram levemente aterrorizada.

O suspense mais eletrizante: Eu adoro suspense policial, mas esse ano eu não li nenhum. Já é uma meta para o próximo ano.

O romance que me fez suspirar: O romance mais fofo que li esse ano foi O segredo de Emma Corrigan. Lindo e engraçado! Sophie Kinsella é mestra em romances deliciosos.

A saga que me conquistou: Percy Jackson e os Olimpianos, é tão bom quando você não espera nada de um livro (sim, eu imaginava que fosse detestar, na verdade, quando eu comprei, fiquei me perguntando por que tinha feito isso) e ele simplesmente te surpreende.

O clássico que me marcou: Queria ter lido mais, foram só dois, e o que eu mais gostei foi O apanhador no campo de centeio, um livro maravilhoso, que se tornou um favorito.

O livro que me fez refletir: Um conto de natal, é um livro lindo sobre o verdadeiro espírito natalino, e ensina em tão poucas páginas que não podemos desperdiçar a vida pensando somente em bens materiais, que as vezes não nos damos conta de quanta diferença podemos fazer na vida de alguém, e que atos simples de bondade são gratificantes e valem muito mais do que ouro.

O livro que me fez rir: The ghost and the goth foi um livro que me fez gargalhar, uma das minhas protagonistas favoritas, Alona, me fez rir demais, tirando sarro de sua própria condição de fantasma.

O livro que me fez chorar: Não teve nenhum.

O livro de fantasia que me encantou: Os filhos de Anansi é um livro incrível, é uma fantasia espetacular, aliás, como tudo que o Neil Gaiman escreve, mesclado tão perfeitamente ao mundo real, que você pensa que aquilo é totalmente plausível.

O livro que me decepcionou: Eu esperava mais de Nick e Norah, eu achei a história legal, mas foi só isso, pensei que fosse gostar mais, por isso me decepcionou.

O livro que me surpreendeu: Prazeres Malditos, eu esperava gostar, já que é sobre vampiros, mas Anita Blake me surpreendeu por ser uma protagonista badass, em um mundo louco onde vampiros e humanos convivem em uma aparente harmonia.

O thriller psicológico que me arrepiou: Infelizmente não li nenhum.

O livro mais criativo: Adorei a ideia de 13 pequenos envelopes azuis, uma pena que eu não curti tanto a história, mas é bem criativa a proposta da Maureen.

O melhor HQ: Esse ano eu li vários, e gostei de todas. Impossível escolher entre Scott Pilgrim e Kick Ass, amei as duas.

O infanto-juvenil que se superou: Eu amei Névoa. Achei a história  uma graça, adoro elfos, e ver a luta da protagonista para recuperar a irmã sequestrada por eles, e como ela cresce com essa jornada, foi muito lindo.

O livro que mudou a minha forma de ver o mundo: Li ótimos livros, mas nenhum se encaixa nessa categoria.

A capa mais bonita: Derby Girl tem uma capa linda e combina perfeitamente com a história. 

A frase que não saiu da minha cabeça:  Amei esse livro, e esse trecho é lindo.
"A primeira coisa que notei foram os olhos verdes grandes cheios de vida. Depois veio o sorriso meigo que disse mais coisas do que todas as palavras de um dicionário reunidas. É como o início de uma briga entre predadores. O beijo rolou. Assim. Uma história estranha. [...] Ah... Foi tão... Vibrante, confuso... Meu coração batia cheio de medo e de prazer. É algo como estar no céu e tocar o inferno ao mesmo tempo." Annabel e Sarah - Jim Anotsu

O(a) personagem do ano: DIFÍCIL. Vou ter que falar de duas. Alexia Tarabotti e Anita Blake, foram as melhores protagonistas que li esse ano, as duas ao seu modo são fortes, inteligentes, carismáticas, e com um poder enigmático de encontrar caras gatos. A primeira eu sabia que ia gostar antes mesmo de ler, e a outra me pegou totalmente desprevenida, em 2014 vou ler muito mais sobre elas. 

O casal perfeito: Alexia e Lord Maccon, não poderia ser outro, para mim eles são perfeitos juntos. Adoro livros em que os protagonistas se odeiam, ou tenham alguma rixa, que na verdade, máscara uma forte atração, e esses dois são assim, vivem em pé de guerra até que se apaixonam. Eu gostei tanto desses dois, que eles empataram junto à Heather e o Cooper (da série Tamanho 42) como meus casais literários favoritos.

O(a) autor(a) revelação: Com certeza foi Gail Carriger, a escrita dela é ótima, e eu me apaixonei por Alma?, quero ler todos os livros dela.

O melhor livro nacional: Só li um, mas não é só por isso que ele esta aqui, eu realmente adorei Annabel e Sarah, foi uma história bem criativa, e eu amei tudo em suas 156 páginas.

O melhor livro que li em 2013: É sempre difícil escolher, mas não me resta dúvida de que Alma? foi o meu favorito, eu me apaixonei pela história, era tudo o que eu esperava, e ainda se superou. 

Li em 2013 ...... livros: 55. Foi menos que li ano passado, e muito menos do que eu esperava. Espero ler mais ano que vem.

A minha meta literária para 2014 é: Vai ser a mesma que tinha proposto para esse ano, 100, espero poder cumprir, por que a minha lista de leitura é gigante. 



Pessoas lindas, obrigado por mais esse ano junto comigo aqui no blog, desejo a vocês um ano novo cheio de novidades, de realizações, de amor, paz, e muitos, muitos livros!

Beijos e até o ano que vem!

TAG: Natal Literário



Essa tag foi criada pelos meninos do Cabine Literária!

1) Cite um livro natalino!

Deixe a Neve Cair do John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle. Acho que esse é o único livro natalino (pelo menos que fale explicitamente do Natal) que eu tenho em casa. Shame on me porque eu amo Natal

   2) Cite um filme natalino que você acha que daria um ótimo livro!
O Grinch. Esse é o filme que todo mundo já assistiu (só se você aí que estiver lendo não tiver assistido, se for assim, O QUE VOCÊ FEZ DURANTE TODA A SUA VIDA, MEU JOVEM?) e virou programa obrigatório nas sessões de filmes de Natal na TV. Esse ano acho que passou no SBT.

3) Cite um livro que não é de natal, mas você acha que tem um clima natalino 
As Vantagens de ser Invisível. Pode ser um tanto estranho ter esse livro nessa categoria, mas para mim tem um clima natalino, porque eu li na época do Natal, o aniversário do Charlie é na véspera e nesse dia acontece uma coisa muito importante para a história, então, é... Esse livro é natalino! 

4) Cite um livro que é muito importante para você, ao ponto de colocá-lo no lugar da estrela na árvore do Natal
Essa é uma frase feita para obrigar você a dizer o seu livro favorito, o que é crueldade, porque todos nós sabemos que na maioria dos casos não temos somente um livro favorito. Entretanto, sempre quando essa pergunta surge, o primeiro livro que aparece na minha cabeça é Jellicoe Road da Melina Marchetta. É um dos livros mais especiais para mim, porque a história me despertou tantos sentimentos que eu sinto vontade de esquecer de tudo de repente e ter aqueles sentimentos tudo em primeira mão de novo.  

5) Categorize personagens literários para os seguintes cargos Natalinos:

- Papai Noel: receptivo, amoroso, que tem um coração gigante. Um personagem muito significativo-Hans Hubermann de A Menina que Roubava Livros. Ele é o pai adotivo da Liesel e seria perfeito como Papai Noel. Ele é tão leal, amoroso e sim, tem um coração gigante, haha. 
- Renas: Personagem que sempre ajuda o principal, prestativos-Dobby (Harry Potter). Sem comentários para o nosso querido Dobby. É difícil imaginá-lo não querendo ajudar o Harry e os outros, e ele é tão incrivelmente leal, e, ah Dobby eu sinto tanto a sua falta!

- Duendes: Muito trabalhador e perfeccionista-Os Grishas de Sombra e Ossos. Eles são incríveis e vivem treinando as suas habilidades. Não vou falar muito sobre eles aqui, porque pretendo fazer uma resenha do livro em breve.

- Boneco de Neve: Um personagem familiar, muito apegado as pessoas a sua volta. Que simbolize união-Molly Weasley. Não é muito fácil se esquecer dela para essa tag, porque a Molly tem tudo que lembra o Natal: Cozinha maravilhosamente bem, é uma mãe, amiga, tia e etc. super coruja e super familiar sem mais. Ela se encaixa bem aqui. 

- Árvore: Um personagem chamativo e belo. Que todos param para olhar. – Vou de Sombra e Ossos de novo com a Alina. Eu não posso falar muito bem porque, mas quem leu sabe porque as pessoas não parariam de olhar para ela. Com certeza ela seria uma boa árvore. 
            
 6) Cite um personagem nada Natalino. – Eu tentei pensar em vários, mas acho que vou ter que seguir o Gabriel do Cabine Literária e citar a Rainha Branca de As Crônicas de Nárnia. É a resposta perfeita, porque que pessoa seria tão pouco natalina que impediria o Natal de chegar?



Gente, espero que tenham gostado, que estejam tendo um Natal cheio de luz, amor, esperança e alegria. Beijinhos!



Resenha: Belezas Perigosas



Autora: Libba Bray | Editora: Rocco | Publicado originalmente em: 2003 | Título Original:  | Gênero: Young adult | Nota: 4/5 

Sabe quando você termina um livro e se pergunta "por que eu não li isso antes", foi bem assim que eu fiquei com esse livro, a autora escreveu uma história fascinante, que prende da primeira a última página, mesclando magia, amizade e os costumes de uma época, onde a mulher não tinha direitos. Confesso que, mesmo nunca tendo lido nada dela, eu já era fã, e só posso dizer que, agora sou mais ainda, e todo mundo tem que ler Libba Bray #justsaying.

Gemma Doyle é uma jovem britânica, e como qualquer moça de seu tempo, sonha com os bailes e a movimentada vida em Londres, mas Gemma desde que nasceu mora com a família na Índia, e nunca recebeu autorização para visitar a metrópole. O que a deixa extremamente frustrada, é que sua mãe, nunca lhe deu nenhuma explicação válida pela proibição, e como qualquer adolescente, não importa em que século esteja, acha que ela só quer destruir sua vida.

Sendo o primeiro volume de uma série, é normal que a protagonista seja imatura, e que ao longo da história ela vai crescendo e aprendendo, fazendo uma comparação entre a Gemma do começo do livro, e a do final, vemos uma evolução, ela realmente aprendeu com os erros que cometeu, e até com os erros dos outros, mas ainda sim, sinto que a protagonista tem um longo caminho a percorrer.

Existe sim uma explicação para que mãe de Gemma a proibisse de ir a Londres, uma verdade obscura e perigosa, que infelizmente a leva antes que pudesse explicar qualquer coisa. Mas não fosse isso o suficiente para abalar a jovem, ela também descobre ter poderes paranormais, e ainda precisa lidar com tudo isso sozinha, até que ao entrar para escola, encontra em inusitadas amigas o apoio que precisava.

O que eu mais gostei nesse livro, é que ele poderia ser só um romance sobrenatural de época, mas foca na amizade, na família, e em uma crítica ao papel da mulher na sociedade da época, cheia de restrições e proibições, e a falta de liberdade para encontrar seu caminho, sem estar ligada a um casamento, o que torna a história especial para mim, e vemos isso não só na vida de Gemma, mas também de sua amigas, que cada uma de seu jeito, vive essas restrições, e tentam fugir delas. Tem uma pitadinha de romance, que eu acho que vai ser mais desenvolvido nos próximos volumes, fiquei com gostinho de quero mais.

Acho interessante como as coisas vão acontecendo naturalmente, primeiro tem a confusão de saber que ela tem poderes paranormais, e com a mudança para escola, precisa esconder esse fato dos outros, até que chega o momento em que ela decide compartilhar com as novas amigas esse segredo, é quando justamente, ela começa a descobrir a verdade por trás dos motivos de sua mãe, e como eles estão relacionados a escola e ao terrível segredo que ela tentou a todo custo manter.

Eu recomendo esse livro, mesmo que no começo você se irrite com a Gemma, continue, a história tem uma evolução deliciosa, e bem fechadinha, o que mais faz acreditar que esse livro não era uma série a princípio, mas quando a história é boa, vale a pena. 

Top 5: Wishlist de Natal da Julia

O natal não é somente presentes, mas não importa o quê, nós sempre temos lá uma listinha. Eu acho que não vou acabar ganhando nada dessa lista, porque a minha mãe já me deu alguns livros na Black Friday, mas não custa tentar, haha.






A Bela e a Fera-O único DVD dessa lista, haha. Eu amo a história da Bela e a Fera e tenho quase certeza de que esse é o meu favorito da Disney. Além disso, o cenário é lindo e a mocinha gosta de ler *-*

A Outra Rainha-Esse aqui seria o último livro em ordem cronológica das rainhas da dinastia Tudor, ele vai contar a história da Mary que era a rainha da Escócia. Nessa Black Friday comprei o primeiro, A Princesa Leal, mas o que eu quero ler mesmo é A Outra Rainha, porque eu tenho uma fascinação pela Mary e amo a cultura da Escócia <3. Aah, e começou a passar uma série super legal na CW (Reign) que conta a história da Mary de uma forma diferente, mais adolescente e tudo o mais, mas não deixa de ser viciante. Estou planejando fazer um post sobre essa série e contar mais um pouco sobre a minha opinião para vocês.

Looking for Alibrandi-Depois que Jellicoe Road entrou para o meu top 5 favoritos da vida, eu tive que ir atrás de outros livros da Melina e esse é o que eu mais quero ler. Na verdade, não é bem possível a gente deduzir sobre o que exatamente os livros dela falam porque as sinopses são bastante rasas (e dão a entender que são histórias simples e clichês), mas eu vi várias resenhas sobre esse aqui e, meu Deus eu PRECISO desse livro para a minha sanidade. É sobre a Alibrandi que é australiana, mas tem descendência italiana e ela sofre preconceito por causa disso, além do fato de que ela é criada só pela mãe e tem toda uma história sobre o pai dela. Adoro histórias com dramas familiares e junto com preconceito cultural deve ser maravilhoso.

City of Heavenly Fire-Coração de fã é muito maltratado, eu já disse isso diversas vezes e continuo dizendo, hahah. Mas esperar até maio que vem para ler o último livro da série Os Instrumentos Mortais é crueldade demais. Essa série foi conquistando devagarzinho um lugar no meu coração, empatando com Harry Potter, Percy Jackson, Academia de Vampiros, Gemma Doyle e Sociedade Secreta, e prevejo muitas lágrimas com o final. *Capa fan made.

Bloodlines- Aah Deus sabe o quanto eu estou desesperada por esses livros! Richelle+Sydney+Adrian=<3<3<3<3<3<3<3<3<3<3, mas estou esperando a minha próxima compra no Book Depository porque, apesar de achar as capas brasileiras bonitas, diferente da maioria das pessoas prefiro as estrangeiras.

O que acharam? Algum desses está na lista de vocês?
Beijinhos 


Top 5: Wishlist de Natal

É claro que faltando tão pouco para o natal, eu não poderia deixar de fazer uma listinha básica daquilo que eu gostaria de ganhar. Nem tem muita coisa, tentei ser econômica, aqui só tem meus MEGA desejos consumistas, vamos conferir!



1 - Tamanho 42 e pronta para arrasar - Meg Cabot
Eu sou apaixonada por essa série, e estou me segurando para não comprar esse livro agora. Eu PRECISO de mais Cooper na minha vida. Para quem não sabe (já que eu vivo falando isso por aí) essa é a minha série preferida entre todas que eu já li, e o Cooper é meu personagem favorito, não tem nem como explicar o quanto gosto dele #lindogostotudodebomqueroumparamim.

2 - New Girl (Segunda temporada)
New Girl é uma seriado super fofo e eu adoro. No ano passado eu comprei a primeira temporada, e é claro que a segunda não poderia faltar na minha lista de desejados. O problema é o preço sempre caro, mas eu espero, tem problema não, cedo ou tarde o preço cai, e eu agarro o meu.

3 - 2 Broke Girls (Segunda temporada)
Kat Dennings é amor, uma das minhas atrizes favoritas, e como a Max de 2 broke girls ela se supera. O seriado é muito engraçado e não tem como não rir com as trapalhadas dessas duas garotas sem grana.

4 - Wicked Lovely ( Série) - Melissa Marr
Eu sou apaixonada por livros de fadas, e me arrependo amargamente de nunca ter aproveitado para comprar esse livro quando estava naquelas promos doidas do submarino. A série tem quatro livros lançados por aqui, e mesmo sendo da Rocco, não é tão caro, mas eu quero comprar os quatros de vez, então, vou ter que esperar.

5 -  Doctor Who (Box - Primeira Temporada)
EU DEIXEI ESSE EM DESTAQUE, POR QUE SIM, ATÉ QUE ENFIM, EU GANHEI ELE DE PRESENTE. Não importa que tenha sido de mim mesma, vocês tem noção de quanto isso custa, 100 REAIS, e sabe quanto estava, 39,90. OMFG. Não tinha como não aproveitar, agora vou ter o nono e a Rose aqui comigo.

E o que vocês querem do papai do noel?

Top Ten Tuesday: Leituras de verão

O Top Ten Tuesday, é um meme criado pelo blog The Brooke and the Bookish. Participe também!

Eu não sou a maior fã do verão, calor demais não me faz bem, mas com as férias e o tempo de sobra para ler, essa é uma das melhores época do ano. Eu não tenho o costume de fazer esse tipo de lista, mas preciso me disciplinar e diminuir essa pilha gigante de livros que eu tenho aqui, então minha meta é ler aqueles livros que por algum motivo estão esquecidos na estante (tadinhos, são tantos) e aqueles que eu preciso ler se não vou ter um treco. 


10 - Perfect Chemistry (Trilogia) - Simone Elkeles (Capas do 2 e 3)
Eu estou há muito tempo querendo conhecer os irmãos Fuentes, atrasei a leitura por que queria a série completa em português, mas como não há nem sinal da editora (será que faliu?) decidi ler no kobo mesmo. Tenho tantas expectativas com essa série (e com todos os outros livros da autora), tenho quase certeza que vou gostar desses romances, já li diversas quotes, e eu já estou apaixonada por Alex, Carlos e Luis. (Vou fazer resenhas dos três, para todo mundo se apaixonar comigo)

9 - No limite da atração - Katie McGarry
Eu não acredito que ainda não li esse livro, eu fiz um auê tão grande quando eu soube do lançamento. Eu tenho altas expectativas sobre a história, vou investir mas nesse tipo de leitura em 2014, em 2013 li pouco e quase não teve YA contemporâneo, é uma meta para o ano que vem.

8 - Half Blood - Jennifer L. Armentrout
Na primeira vez que eu ouvi falar dessa série, o que mais me chamou atenção, é o fato de muita gente dizer que ela é melhor que Vampire Academy (será!?), as séries tem muitos pontos em comuns, uma protagonista forte, um amor proibido, seres poderosos, uma escola, e se isso já não me interessasse bastante, ainda tem mitologia grega, o que mais posso querer?

7 - Cretino Irresistível - Christina Lauren
Eu tenho uma curiosidade enorme para conhecer o Bennet e a Chloe, eles dois não poderiam faltar na minha lista. E quem sabe eu já não pego os outros da série para ler também. (Adoro essas capas!)

6 - Sociedade Secreta: Rosa e Túmulo - Diana Peterfreund
Se essa série não custasse os olhos da cara, eu já teria ela completa aqui, infelizmente, eu só tenho o primeiro ainda. Eu queria ter todos aqui antes de ler, mas já que não dá, eu vou começar logo, assim fico incentivada a comprar os outros, mesmo que tenha que gastar muito $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$.

5 - O Diário da Princesa - Meg Cabot
Sim, eu sou hiper fã da Meg Cabot, mas nunca li essa série. Eu ia comprar ela completa no submarino, entretanto, detesto essas capas novas, sorte minha que a estou conseguindo com as capas antigas no skoob, enfim, vou poder ler, tenho certeza que vou amar.

4 - O Rei do Ferro - Julie Kagawa
Eu descobri esse ano que o reino das fadas é completamente fantástico, e eu quero ler todos os livros com o tema! Essa é uma série que eu pretendia ler toda em português também, mas essa editora irresponsável, não está nem aí. Eu sei que tem um triangulo amoroso, e que eu provavelmente vou me irritar, mas espero estar errada, quero muito gostar dessa história.

3 - Persuasão - Jane Austen
Até hoje eu só li Orgulho e Preconceito, shame, mas logo logo isso esta para mudar, e vai ter novidade aqui no blog, e vai ser muito legal. Esse ano eu só li UM clássico, em 2014 vai ser diferente.

2 -  A Maldição do Titã - Rick Riordan
ATÉ QUE ENFIM TENHO MINHA SÉRIE COMPLETA!!!!!!! Vou colocar só o terceiro livro aqui, mas nada me impede de ler todos, por que eu preciso ler, fiquei o ano todo esperando o box abaixar de preço, agora é só esperar chegar!

1 - Queen of the dead - Stacey Kade
EU AMO ESSA SÉRIE. É uma das minhas preferidas, e eu estou super curiosa para saber o desenrolar da historia. Alona e Will formam um casal inusitado, os dois são ótimos e protagonizam muitas cenas engraçadas. #queromuito

Queria ter todos os livros na versão física. #mimimi

Resenha: No fundo do amor - Tera Lynn Childs

4/5

A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi a capa, mas foi só depois de ler a resenha da Jacque, do My Book Lit, que o livro entrou para os meus desejados, eu nunca dispenso uma leitura que promete ser descontraída e divertida.

Nós conhecemos Lily Sanderson, ela mora com a tia em uma cidade litorânea, e você diria que ela é uma menina comum, com típicos problemas de adolescente, um cabelo incontrolável, uma paixão secreta pelo garoto mais popular, uma rixa com seu vizinho bad boy, mas Lily tem um grande segredo, um bem grande mesmo, ela é uma sereia.

E não um sereia qualquer, ela é a princesa do reino de Thalassínia, futura herdeira do trono. Lily passou boa parte de sua vida no fundo do mar, sem saber que sua mãe era humana, quando seu pai revela o segredo, lhe dá a oportunidade de ir morar com a tia por um tempo, antes de assumir o trono, mesmo indecisa sobre o que a espera por lá, ela decide ir, e já três anos que ela mora por lá. 

Eu poderia ter dado 5 estrelas para o livro, mas teve uma coisa que me deixou um tanto irritada, Lily é uma ótima protagonista, ela é hilária e corajosa, e eu aprecio essas características, Quince, o vizinho, é meu personagem favorito, ele é o ponto alto do livro, ele é engraçado, romântico, e (#meabana) motoqueiro, ele é um par ideal, e suas intenções por Lily, estão tão claras, que todo mundo consegue ver, menos ela, que insiste nessa obsessão por Brody, até mesmo quando percebe que sente alguma coisa (mesmo que não saiba explicar o que) pelo Quince.

Lily não entende por que Quince Fletcher, seu vizinho desde que chegou a Maresia, insiste tanto em atormentar sua vida, ele sempre prega peças nela, e pior, estraga todas as suas investidas amorosas com Brody, o que ela não sabe, é o quanto ele gosta dela, e que tudo que ele faz, e para ficar por perto, e a afastar do garoto popular, que ele sabe que é um idiota, e que a magoaria.

A história tem um desenvolvimento diferente do que eu estava esperando, até determinado momento, você imagina uma série de coisas, até que por "infortúnio" do destino (pelo menos é o que a Lily pensa) a vida dela e de Quince se entrelaçam magicamente, e isso deixa a sereia furiosa, e doida para desfazer esse vínculo, o que rende boas risadas, e muitos momentos ownn. A autora acertou em cheio, deixou a história bem melhor, por que além de termos a oportunidade de conhecer Thalassínia, temos Quince, e ele se destaca.

Adorei o livro, mesmo que de vez em quando tenha me irritado com a Lily, isso não atrapalha, a história é uma fofura só, e o final é lindo! (Esqueci de colocar, o livro faz parte de uma trilogia, os dois primeiros já foram lançados no Brasil. Obrigado Aline, por me lembrar.)

Resenha: Névoa - Kathryn James

4,5/5

Eu queria esse livro desde que vi essa capa maravilhosa, só não era uma prioridade, mas eis que ganhei ele e A falsa princesa no blog Estante Vertical (Obrigado pela promoção maravilhosa Lu) e fiquei eufórica, por que essas coisas nunca acontecem comigo, e ganhar dois assim de uma vez, foi muito bom.

É muito difícil não gostar de um livro com tantos elementos cativantes, temos uma protagonista corajosa, tem magia, uma amizade fofa, um pouco de drama familiar, eu não imaginava que ia gostar tanto do livro, foi uma ótima surpresa, e mesmo com uma história fechadinha, eu não vejo a hora da Farol lançar o segundo volume.

Eu tenho uma irmã mais nova, e sei bem como comparações são chatas, mas nós duas temos personalidades similares, imagina como é, quando sua irmã mais velha, é a rainha do colégio, e você é a "nerd esquisita", assim é a vida de Nell, sempre a sombra de sua irmã, mas engana-se quem pensa que isso é um problema, ela não liga, gosta da irmã e faz de tudo para protegê-la dos próprios erros.

"- Vi você observando Gwen. Primeiro pensei que tinha ciúmes dela, então vi que estava tomando conta para ela não ir longe demais, para que não se tornasse alguém que machuca os outros de verdade, em vez de apenas mandar neles e fazer joguinhos psicológicos."

Gostei da forma como a autora conseguiu mesclar vários elementos e deixar a história bem estruturada, o livro é tão dinâmico, que nenhuma parte é maçante, nós conhecemos os elfos, criaturas mágicas que perderam seu mundo, e precisam viver escondidos e acuados, e duas irmãs que precisam entender melhor uma a outra, e para completar, temos uma amizade entre o o menino elfo e a garota humana, que deveriam naturalmente se odiar, mas algo os impede, tem todo aquele clima de primeiro amor, mas a autora não explora isso, é tudo sútil e bem fofo.

Os elfos são criaturas mágicas, que há muito tempo dividiam a terra com os homens, mas estes se multiplicaram e sentindo-se acuados os elfos partiram para um mundo mágico, cercado pela névoa que os levam de um lado a outro, há muitas lendas que retratam essa relação de ódio entre os humanos e os elfos, entre elas a do Elfo-Rei, que se uniu a uma humana e teve uma filha, esta foi tirada dos seus braços, e ele nunca conseguiu recuperá-la, jurando vingança, prometeu que voltaria de tempos e tempos e tomaria uma filha dos homens para seu mundo.

"A cada cem anos, os Elfos vêm buscar uma criança humana por vingança. E elas não podem escapar, porque, se o fizerem, envelhecem e morrem."
"Se ficasse mais de uma noite e um dia, de um pôr do sol até o próximo, uma terrível maldição recairia sobre ela, e ela morreria." 

Com irmão é assim, as vezes você briga, daqui a pouco faz as pazes, daqui a pouco briga de novo, daí você fala coisas que não devia, aí se arrepende, pede desculpa, e daqui a cinco minutos tá discutindo sobre de quem é a vez de lavar a louça, e por mais que você brigue, discuta, discorde, os momentos felizes são muito mais marcantes. Por isso, eu entendo as atitudes da protagonista, primeiro em acompanhar a irmã (já que não conseguiu impedi-la) e os amigos dela, no meio da noite para uma festa no bosque, e depois, quando Gwen some, e ela descobre a terrível verdade sobre o bosque, de ir atrás para salvá-la, mesmo que precise se aventurar em um mundo desconhecido e mágico.

Quando conhecemos uma personagem assim como a Nell, e acompanhamos seu amadurecimento durante a história, a leitura vale mais a pena, por que a garota que entrou naquela floresta atrás da irmã, não foi a mesmo que saiu, mais corajosa, capaz de enfrentar seus medos e de fazer questão de ser ouvida, chega de se esconder mais, um dos momentos mais emocionantes foi ela conversando com o pai, já que o relacionamento dos dois nunca foi bom, e ela sempre se sentiu rejeitada, foi a hora de botar tudo para fora, lindo demais. Leitura super recomenda!


Enquanto isso por aqui #21


*Lidos:
 
  1. Os filhos de Anansi - Neil Gaiman | Conrad
  2. Destinada à sepultura - Jeaniene Frost | Novo Século
  1. Belezas Perigosas - Libba Bray | Rocco
  2. Névoa - Kathryn James | Farol Literário
*Compras:
  1. Beijo das Sombras | Aura Negra | Tocada pelas sombras - Richelle Mead | Agir
  1. Promessa de Sangue | Laços do Espirito | Último sacrifício - Richelle Mead | Agir
  1. Vampire Academy Graphic Novel
  2. A Elite - Kiera Cass | Seguinte
  1. Eon - Alisson Goodman | Galera Record
  2. Estudos sobre Magia - Maria V. Snyder | Harlequin
Enfim minha coleção de Academia de Vampiro esta completa, eu tinha os cinco primeiros livros, mas eles estavam meio acabadinhos, por isso comprei a série de novo, agora tá tudo lindo aqui na estante, só falta terminar de ler os últimos dois livros e destruir meu coração. A Graphic Novel, era um desejo antigo da minha irmã, os desenhos são lindos, quando fizer resenha, mostro mais. Sei que vou me irritar com o Aspen, mas fazer o que, quero continuar a série, e ler a A Elite antes do último chegar aqui no Brasil. Por fim, os dois últimos eu comprei no Estante Virtual, qualquer dia eu faço um post falando sobre o site, e como vale a pena comprar lá.

*Trocas:
  1. Glimmerglass - Jenna Black | Universo dos Livros
  2. Shadowspell - Jenna Black | Universo dos Livros
  1. A princesa sob refletores - Meg Cabot | Galera Record
  2. Como ser popular - Meg Cabot | Galera Record
  1. O menino prodígio do crime - Eoin Colfer | Galera Record
  2. Invocação - Kelly Armstrong | Novo Século
*Ganhei:
Ganhei Névoa e A falsa princesa (que ainda não chegou) no blog Estante Vertical da Luara, fiquei muito feliz, por que quase nunca ganho, e de repente são dois de vez. Já li Névoa, e amei, essa semana tem resenha.

*Top 5: Desejos de Natal
  1. Beautiful Creatures (4 livros) - Kami Garcia e Margareth Stohl | Galera Record
  2. Morra por mim - Amy Plum | Farol Literário
  3. A guerra dos Fae -Ellen Casey | Geração Editorial
  4. Terrível encanto - Melissa Marr | Rocco
  5. Minha alma para levar - Rachel Vincent | Harlequin
*Melhor leitura:
Esse mês eu li excelentes livros, mas o que se tornou favorito, foi Filhos de Anansi do Neil Gaiman. Que livro bom, eu sou fã do autor, e adoro a forma como ela mistura magia e situações cotidianas de um jeito maestral, ele vai construindo a história, e quando você menos percebe todos os personagens estão ligados, e é de um jeito tão ao acaso, que você fica assim: "se essa situação realmente acontecesse, tudo isso seria possível". Eu recomendo demais esse livro, ele esta sempre baratinho nas lojas online, aproveitem. Não posso deixar de comentar, o Bones e a Cat da série Night Huntress, são sensacionais, e para quem gosta de romance sobrenatural, esta perdendo tempo se ainda não leu.

*Livro + AHHHHHHH preciso comprar:
Eu estava passeando pelo skoob, e fiquei interessada na capa de Minha Alma para levar, eu tinha recebido um folhetinho com um trecho do livro, mas nem parei para ver, quando decidi ver do que se tratava, fiquei muito interessada, é um desses YA sobrenaturais, isso aliado a uma trama interessante, já basta para mim. 

*Resenhas do mês:

Esse mês as atualizações do blog foram bem poucas, estava com preguiça, e não tinha sobre o que escrever, peço desculpas, mas esse mês o blog ficará atualizado, prometo. E já começou bem, vocês viram a promoção de Natal, que o meu blog e o Leituras, vidas e paixões e Fascinada por histórias estão fazendo, são três livros para dois ganhadores, você pode concorrer à Deixe a neve cair, Perseguição Digital e Paixão sem limites, clique aqui para participar.


Promoção: Presente de Natal


E aí gente, compraram muito na Black Friday? Eu gastei bastante, mas fiquei satisfeita, esperem o Enquanto isso por aqui desse mês, que vocês vão ver o quanto eu sou exagerada. Estou há um tempo sem postar nada, e peço desculpa, mas estou preparando um monte de post para o blog ficar atualizado, e começando bem com essa super promoção.

Hoje venho convidar todos vocês para participar da promoção de natal do Sobre Mim e Meu Mundo, junto com duas amigas queridas, a Aline do Leituras, vidas e paixões e a Rafa do Fascinada por histórias. Juntas decidimos premiar dois leitores com ótimos livros, o primeiro poderá escolher dois títulos e o segundo, ficará com o título restante.

O natal está chegando e quem não gosta de ter novidades na estante, então não perca tempo nem a oportunidade de participar de nossa promoção, com poucos clicks você já estará concorrendo.

Regras:
1. Residir em território nacional.
2. Seguir os três blogs pelo GFC.
3. Preencher corretamente o aplicativo.
4. Deixar nome de seguidor e e-mail nesse post.
5. As demais chances são extras.
6. O sorteado será comunicado via email e terá até 72hrs para responder. Caso não responda neste prazo será feito outro sorteio. 
7. Após o fim da  promoção os blogs terão até 45 dias para enviar os prêmios.
8. Nenhuma de nós, ficará responsável por algum tipo de eventualidade como atrasos, danos, e extravios dos correios.
9. Em caso da volta do livro por algum motivo. O sorteado terá que arcar com as despesas do frete caso queira que o livro seja enviado novamente.
10. Perfis fakes ou criados para a promoção não serão aceitos. Caso isso seja constatado o participante será desclassificado.

Desejamos a todos um natal fantástico e que esses livros possam trazer momentos de relaxamento e descontração!!!!

a Rafflecopter giveaway

Top 5: Livros heartbreaking.


Oi gente! Tudo bem? Faz tempo desde a última vez não? Preciso pedir desculpas por isso e dizer que foi tudo culpa do colégio. Agora as coisas estão mais calmas, mas até por ali – Há, brincadeira, só tenho mais uma semana e uns dois ou três dias de provas, mas é tranquilo, porque as mais difíceis já passaram :D – então vou aparecer mais. 

Agora vamos ao post. Livros heartbreaking são aqueles que de alguma maneira quebram o nosso coração por vários motivos. Não falei muito sobre o que eles se tratam, porque senão o post ficaria muito grande, mas os links para sinopse estão aqui. Vamos lá!

5°- As Vantagens de ser Invisível (Skoob)
Não sei bem se esse livro se encaixa nessa lista, porque não sei descrever o que eu sinto com relação a ele (tipo, não sei dizer se o que eu sinto é uma sensação de heartbreaking), mas resolvi incluí-lo mesmo assim apenas porque ele me afetou de uma maneira que nenhum livro nunca me afetou antes. Ele me traz uma sensação de nostalgia não por coisas que eu já passei, isso também, mas principalmente por coisas que eu vivo hoje. Não estou dizendo que identifico a minha vida exatamente com o que aconteceu com Charlie, mas o cenário inteiro da história, se adaptar em uma nova escola, ter novos amigos, viver aventuras, ter esperanças, etc.. Tudo isso reflete o que eu estou vivendo e o que fez com que eu me emocionasse lendo.

4°Quem é você Alasca - (Skoob)
Vamos imitar um pouquinho a morte (entendedores entenderão):*¹

~ Dois pequenos fatos ~ 
O John Green é um dos meus autores favoritos. 
E eu tenho medo de ler seus livros.

Eu li esse livro já faz um tempo, mas ainda não deixo de me emocionar com alguma citação dele que acabo encontrando por aí. O fato de eu ter um pouco de medo de ler os livros do John é porque ele dá uma de Pirraça, e como Pirraça gosta de bagunça, não importando a hora e o lugar, ele vai lá e cutuca a ferida. Pelas mesmas razões que em As Vantagens de ser Invisível, sinto uma tremenda nostalgia com esse livro. A diferença é que não sei se gostei do final.*²

*¹No livro A Menina que Roubava Livros, a morte é a narradora e faz umas passagens mais ou menos com a mesma estrutura do trechinho que eu escrevi.
*²Desculpem, mas eu não sei muito bem como descrever isso sem ser misteriosa (por falta de palavra melhor), o que acontece da metade para o final não é uma coisa pela qual eu estava esperando e estilhaçou meu coração em milhões de pedacinhos .

3° - Unwind (Skoob)
Unwind é capaz de machucar o seu coração de tantas formas! É uma distopia onde no futuro há uma guerra civil sobre os direitos de vida e o aborto que acaba resultando no “unwind”. Os pais são obrigados a esperarem que os filhos atinjam 13 anos para “abortá-los”, então quando a criança atinge essa idade, ela pode ser levada a uma espécie de clínica onde todos os órgãos dela são retirados enquanto ela ainda está viva. Esses órgãos, que podem ser braços, pernas, fígado, etc. vão ser doados para outras pessoas. Nas entrelinhas é possível ver muito sobre a consideração e falta dela que os pais têm com os filhos, a luta por sobrevivência, o que significa ser humano e, sobretudo, o amor tanto da família quanto pelo outro. Esse livro fez com que eu me sentisse mal por ver o que nós podemos fazer contra outros humanos. É uma história linda e ao mesmo tempo triste.

“In a perfect world everything would be either black or white, right or wrong, and everyone would know the difference. But this isn't a perfect world. The problem is people who think it is.” 

1.1° - A Menina que Roubava Livros (Skoob)
Posso colocar um primeiro lugar ponto um se eu quiser u.u.

E também porque não há como esse livro ficar em segundo lugar. Peguei esse livro da estante só para me inspirar e ter uma ideia do que eu iria escrever aqui e já estou quase chorando. AAaaaAAah, esse livro são muitos feels. O nazismo já é uma coisa que por si só, me afeta bastante, bem mais do que afeta as outras pessoas, e aqui nesse livro tem todos esses personagens pelos quais eu desenvolvi um amor tão grande e que cujas histórias não terminaram bem do jeito que eu queria. E ainda assim, com toda essa tristeza ainda é possível sorri e rir em muitas cenas. Toda a alegria que ele tem torna tudo o que acontece mais heartbreaking ainda. É um livro magnífico.

1° - Jellicoe Road (Skoob)
Quando as pessoas perguntam qual é o meu livro favorito, como qualquer leitor(a) assíduo(a), eu não consigo responder com apenas um. Ainda assim, o primeiro livro que surge na minha cabeça é Jellicoe Road.

FEELS! FEELS! FEELS! FEELS! FEELS! FEELS! FEELS! FEELS! FEELS! FEELS! FEELS! FEELS!


A forma como ele é escrito é um pouco diferente dos outros livros, com algumas passagens que, à primeira vista são nada a ver com a história, mas que depois que a gente entende é tão mind blowing e o ar fica tão cheio de feels que é quase impossível respirar. É tão heartbreaking! Além disso, a amizade desse livro é uma das mais belas que já vi, e também uma das mais difíceis como diz a Giu Fernandes. Ainda não foi publicado no Brasil.



Resenha: Jogos Vorazes (Trilogia)


Eu li essa trilogia no ano passado, e por algum motivo bizarro, eu nunca falei sobre ela por aqui, aproveitando que hoje é a estréia mundial de Em chamas (que eu estou louca para ver), decidi comentar um pouquinho sobre essa série que eu gosto tanto. 

Eu sempre gostei de histórias com cenário político tenso, com clima opressor, e gente disposta a lutar, então, quando eu li sobre Jogos Vorazes a primeira vez, eu fiquei curiosa para conhecer a história, eu sabia que ia gostar, e gostei muito. 

Jogos Vorazes tem um história ambientada em um mundo diferente de como o conhecemos hoje, como é marca características das distopias, tem um cenário político linha dura, que é cruel, intolerante, injusto, que não admite ser questionado, e que pune transgressões das maneiras mais sádicas que possa encontrar.

É assim que se encontra Panem, erguida sob os escombros da América do Norte, está dividida em 12 distritos, controlados a mão de ferro pela a Capital, um lugar luxuoso, sustentada pela exploração dos recursos e das pessoas nos distritos. Em um passado distante, essas pessoas exploradas começaram um insurreição, que foi violentamente reprimida, e como punição, foram instaurado os Jogos Vorazes, um reality show com 24 participantes, e apenas um sobrevivente. 

A cada ano, um menino e uma menina de cada distrito, entre 12 e 18 anos são escolhidos para o brutal massacre, tratado pelos habitantes da Capital, como um empolgante show. O sobrevivente recebe reconhecimento e dinheiro, mas o trauma é permanente.

Katniss Everdeen, tem 16 anos, e mora no distrito 12, o mais pobre de todos, ela é a responsável pelo sustento da família, seu pai morreu anos atrás em um trágico acidente, e ela toma conta da mãe depressiva e da irmã mais nova. Por um ato de coragem, ela se voluntaria para os jogos no lugar de quem mais ama.

Antes de ir para a arena, os tributos - como são chamados - são obrigados a participar de uma série de programas, para deleite dos habitantes da Capital, que vêem tudo como um divertido entretenimento, enquanto nos distritos, a população é obrigada a assistir seus filhos e filhas serem massacrados.

Brutal, cruel, desumano, são palavras perfeitas para descrever os jogos, os jovens obrigados a participar, que até ali viviam suas vidas de forma normal, em seus trabalhos nos distritos, se tornam assassinos, não pelo desejo de matar, mas pela sobrevivência, ali na arena é matar ou morrer.

Eu gosto de como a Katniss luta com unhas e dentes para se manter viva, e cumprir a promessa que fez a irmã, eu gosto de como a personagem se comporta, ela não é uma super heroína, ela é uma sobrevivente, ela não tem a solução para todos os problemas, ela comete erros, é cabeça dura, e acho que isso que torna a personagem tão fantástica.

A única coisa que eu não gosto muito na série é o tal triângulo amoroso entre Katniss/Peeta/Gale, que eu acho desnecessário, mas não atrapalha a história, mas só para constar, eu sou team Peeta, por que ele é meu personagem favorito, por que eu gosto da forma como o personagem se desenvolve, ele é carismático e cativante, e só de pensar no final de Em chamas, meu coração dói.

O segundo livro é o meu preferido da série, gosto de como ele é tenso do começo ao fim, e é ainda mais cruel, por que *SPOILER* eles tem que voltar para lá, viver aquilo tudo de novo, a arena é ainda pior, e dessa vez eles estão cercados de assassinos experientes *SPOILER* e os personagens novos, como não amar Finnick, e ficar desconfiada com a Johanna, e sentir pela perda dos novos companheiros. E o final, eu fiquei desesperada quando li, que final é aquele?

Eu vi muita gente reclamar de A Esperança, para mim o livro foi muito bom, apesar do meu coração ter se estilhaçado em mil pedaços com as perdas, foi um excelente desfecho. O objetivo de Katniss era se manter viva, mas sua determinação e sua coragem, se tornam símbolo de uma revolução, isso não quer dizer que ela tem que está lá na frente de batalha, ela passa por tanta coisa que a esgota física e mentalmente durante a história, que eu acho bem verossímil o comportamento da personagem durante o livro.

Um dos pontos altos do terceiro livro, é como a autora explora a situação de opressores e oprimidos, a Capital é cruel e se vale disso para manter sob controle os distritos, mas e se aqueles na situação oposta tivessem a chance de chegar no poder, eles fariam diferente?

Para quem não leu a série, fica aqui minha recomendação, a história é muito boa, e o preço, mesmo sendo da Rocco, é em conta. E para quem já leu, quais são suas impressões sobre a trilogia? 

Wishlist: Sereias

Lembram do post sobre Fadas, então, minha pretensão era fazer um post só, falando sobre diversas criaturas sobrenaturais, porém, eu não consigo escrever pouco sobre uma coisa, dividi o post em quatro, para falar melhor sobre os livros. 

Dessa vez vou falar das sereias, quem não ama o filme da disney, eu sempre gostei, dei uma pesquisada no skoob e goodreads, e encontrei alguns títulos interessantes, onde algumas sereias estão longe de ser tão fofas quanto Ariel, e outras preservam a mesma doçura e sonhos. Vamos a elas:


Sereia - Tricia Rayburn
Quando Justine morre em um trágico afogamento, Vanessa, sua irmã mais nova e melhor amiga, sente que o que aconteceu a ela não foi acidental, por isso começa a investigar sua vida, e descobre que a irmã tinha segredos que não compartilhava com ela, determinada a desvendá-los, ela então procura Caleb, namorado de Justine, mas ele esta desaparecido. Os mistérios só vão aumentando, e se já não fosse o suficiente a tragédia que ocorreu à sua família, uma série de acidentes fatais similares passam a ocorrer na cidade, instalando o caos entre os habitantes. Com a ajuda de Simon, um amigo de infância, e irmão de Caleb, ela tenta desvendar o que esta ocorrendo por ali, e o que de fato aconteceu com sua irmã. Os três livros da série já foram lançados no Brasil pela editora Verus.

No fundo do amor - Tera Lynn Childs
Quando eu vi a capa desse livro eu me apaixonei, e depois quando li a resenha da Jacque do My book lit, eu tive certeza de que eu precisava ler. O livro conta a história da sereia Lily, mas ela não é qualquer sereia, ela é a princesa herdeira do trono de Thalassínia, aos 14 anos ela descobre que sua mãe era humana, e decide morar com a tia em terra firme. Agora aos 17 anos, ela ainda mora com a tia, e falta pouco para tomar posse do trono, mas sua maior preocupação é conquistar o coração do gatinho mais popular da escola onde estuda, e quem sabe, depois de conquistá-lo, levá-lo junto para reinar com ela em Thalassínia. Mas seus planos de conquistar o rapaz são frustrados graças a Quince Fletcher, seu vizinho bad boy e mala, segundo ela é claro, mas que se revela o carinha certo, que a mocinha precisa enxergar. A série é composta por 3 livros, os dois primeiros já foram lançados por aqui pela editora iD.

Mermaid - Carolyn Turgeon 
A princesa Margarethe flagra uma sereia salvando a vida de um homem, quando ela desaparece, a princesa resgata o rapaz e aos poucos vai se apaixonando por ele, mas descobre que ele é filho do maior inimigo do seu pai. Lenia, a sereia que salvou o jovem, também é uma princesa, e está a procura do rapaz que salvou, e por quem se apaixonou perdidamente, ela esta disposta a tudo para conquistar o rapaz. Deu para perceber que esse é aquele tipo de livro que o "amor" acontece a primeira vista, isso é meio chato. A narração do livro é intercalada sobre o ponto de vista das duas princesas. Estou curiosa para saber o que acontece. Livro único, lançado pela iD.

Despertar - Amanda Hocking
Gemma tem 16 anos, e tem uma atração irresistível pelo mar, seu hobby é nadar a noite, o que deixa sua irmã mais velha, Harper, preocupada, já que na cidade onde moram, misteriosos desaparecimentos sem solução continuam a acontecer, mas ela é cabeça dura, e não ouve a irmã. Harper se preocupa bastante com a irmã mais nova, e fica ainda mais quando Gemma chama a atenção de três jovens que estão de passagem pela cidade, isso não seria problema, se essas garotas não parecessem tão sinistras. Esse livro parece bom, mas sei que vou ter problemas com a protagonista, e tem, pelo que eu entendi, um triangulo amoroso, eu quero ler mesmo assim, mas não é prioridade.

Deusa do mar - PC. Cast
Tem muita gente que não gosta dos livros da P.C. Cast, mas eu adoro, e fiquei super curiosa para ler essa série adulta dela. Cada livro conta a história de uma personagem diferente, e nesse primeiro livro conhecemos a história de Christine, uma militar que esta em uma missão em um país estrangeiro, seu avião caí em pleno mar, e ela é arrastada para um mundo mítico onde troca de lugar com uma sereia chamada Undine, mas com perigos rondando ela, a deusa Gaia, a manda para terras firmes, com algumas condições a cumprir. Mas nem tudo é perigo, já que ela conhece um tritão chamado Dylan, e os dois passam a ter um relacionamento intenso. Parece uma bagunça, e provavelmente é, mas eu quero muito ler. A série Gooddess é composta por 7 livros, cada um contando uma história diferente, aqui no Brasil é lançado pela editora Novo Século.