Resenha: Belas Maldições - Neil Gaiman e Terry Pratchett / Bertrand Brasil



Feliz 2013 para todo mundo!

No momento em que descobri que nesse livro um anjo e um demônio eram amigos e tentariam impedir o Apocalipse, ele automaticamente entrou para minha lista de desejados, sem contar o fato que, Neil Gaiman esta envolvido no projeto, e ele é O cara.

O que dizer desse livro, não existe só um, dois, três motivos para gostar dele, são milhares, você já pode ter lido sobre o apocalipse, mas duvido que tenha sido algo tão magnifico assim, cheio de sarcasmo e ironias  Como eu disse, Neil Gaiman, é O cara, ele é fantástico  se vocês ainda não leram nada dele, parem tudo e vão fazer isso já. E Terry Pratchett, quem eu ainda não conhecia, mas que também é um autor fantástico  super renomado.

Além de autores fantásticos, o que já é mais que um incentivo, ainda tem outros fatores especiais. Me diz aonde você pode encontrar um livro em que os quatro cavaleiros do apocalipse são Hell's Angels - sendo que A Peste se aposentou sendo substituído pela Poluição -  e são avisados de que o fim is comming pela serviço de entrega do correio?

Ainda tem o livro de Profecias de Agnes Nutter, um livro extremamente preciso, mas que nunca vendeu uma edição, sendo levado a sério somente pelos seus descendentes, que pagam um dobrado para entender o que ela quer dizer.  Sem falar que o Anticristo é uma boa pessoa, quem diria, ele é uma garotinho de 11 anos, preocupado com o meio ambiente.

Aziraphale, o anjo, e Crowley, o demônio, estão na terra desde sempre, e por isso firmaram um trégua  para convivência pacifica, mas que na verdade virou uma grande amizade, eles são bem apegados as mordomias que os humanos podem oferecer, bons livros, boas comidas, bons carros, boas bebidas, e por isso não ficam nem um pouquinho satisfeitos ao descobrir que tudo isso esta para acabar, mesmo que isso vá contra ao plano de seus superiores, eles tem que impedir o apocalipse de acontecer.

Ah, outra coisa muito boa, os demônios perderam o anticristo, é isso mesmo, eles o perderam, ele foi trocado na maternidade, e em vez de ser criado, como ordenou estritamente as hordas infernais, por pais americanos, na verdade ele foi criado por uma família tradicional, no interior da Inglaterra, e cresceu assim, sem saber que poderia acabar com toda forma de existência  o que foi muito bom para ele e principalmente para os humanos.

Se eu ainda não consegui te convencer, imagine que esse livro tem o melhor tipo de humor, as piadas são extremamente inteligentes,  não deixe de ler as notas de rodapés, tenho certeza que vocês devem conhecer alguém que é devota de Santa Berryl, ainda tem, caçadores de bruxas, uma bruxa, um garoto com um carro muito esquisito, uma lambreta voradora, ah, também tem peixes caindo do céu, piadas com Elvis, etc. Agora pense onde tudo isso vai parar, e pegue o livro para ler. 

Nota:

11 comentários:

  1. Oi Ju!
    Eu tenho vontade de ler alguma coisa do Neil Gaiman desde quando eu fui em uma livraria e deixei de comprar Coraline, há um tempo atrás. O que eu mais queria ler dele é O Mistério da Estrela-Stardust e vou tentar comprar ele ainda esse ano, o problema é que ele é da Rocco e o preço alto vem junto no pacote :(

    Esse parece ser bem legal, mas estou fugindo um pouco de anjos e demônios.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Amiga vc e seus achados, nossa fiquei mega curiosa com o enredo desse livro.
    Realmente escuto maravilhas dos livros do Neil Gaiman, mas não conhecia esse.
    Valeu pela indicação, bjão!!!

    ResponderExcluir
  3. Tô com uns livros do Neil Gaiman aqui para ler, e confesso que tenho um pé atrás - TODO MUNDO acha esse cara fantástico, e, poxa, unanimidades são coisas estranhas HDAUSDH

    ResponderExcluir
  4. Oi flor,

    Estava visitando alguns blogs e encontrei o seu, seguindo pra acompanha suas dicas :)
    Gostei muito desse livro só por tudo que você disse, sei que Neil Gaiman é fantástico mesmo, a cada vez que leio algo escrito por ele essa minha vontade só aumenta.
    Esse livro vai pra minha meta de leitura desse ano, pois adoro histórias com anjos e demônios.
    beijos
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Ju,
    Ganhei esse livro em 2010 e até agora não o li! É uma pena que eu nunca encontre tempo para colocá-lo na minha lista de próximos... Quem sabe agora para cumprir o DRD de 2013?! Tem uma categoria de livros que ganhamos e ficaram esquecidos!! hehehe
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Oi Juliana!

    Nossa, que viagem! rs
    Nunca li nada de Gaiman ou Terry Pratchett, e na verdade ainda não entendi muito bem o estilo de Gaiman. Não acho que seria o tipo de livro que me agrada, mas acho MESMO que ele deve ser O cara!

    Beijos,

    Marcelle
    bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Caramba, fiquei impressionada com o estilo do livro e quero ler... sempre quis ler algo do autor, em especial, Lugar Nenhum, mas até hoje nada rsrs Flor, me avisa quando postar a resenha de O Escolhido pra eu mostrar pra autora, por favor? ^^

    beijos:**

    ResponderExcluir
  8. Oie Ju
    feliz 2013
    nuss, mais um livro do Neil super bem falado que vai agorinha para a lista de prioridades. Preciso ler alguma coisa desse "homi" pra ontem.
    bjos

    ResponderExcluir
  9. Oi Ju..
    que saudade... vc sumiu heimm, sei que eu tb hehe
    Te mandei uma msg no face, pq eu fui na sua cidade.,. Queria te conhecer..
    Sabe adoro livros de anjos e demonios, e quando eles são amigos, ou se apaixonam então, melhor ainda..
    já entrou pra lista de desejados..
    Adoro livros com sarcasmo e ironia tb ^^
    hehehehe depois da sua resenha eu quero mesmo esse livro hehe


    beijos
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi flor!
    ótima resenha, ainda não tinha visto o livro, parece muito bom envolvendo apocalipse, gosto de estórias assim, principalmente quando há um romance..rsrs
    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.