Resenha: Soul Love - Linda Waterhouse / Melhoramentos


Sabe quando você lê a sinopse, uma resenha, ou um comentário sobre um livro e sente lá no fundo do seu coração que você PRECISA daquilo para sobreviver? Isso já me aconteceu algumas vezes, e é diferente de você se interessar em ler o livro somente, é quase uma necessidade urgente da qual sua vida depende para conseguir seguir em frente. Ok, estou sendo dramática, mas é a verdade é que eu fiquei basicamente assim quando li a sinopse de Soul Love.

E não foi fácil conseguir o livro, estava esgotado em todos os lugares, sabe o que isso faz com uma pessoa ansiosa que nem eu? É muito difícil, mas enfim li o livro, e só posso dizer que toda ansiedade, expectativa e urgência foram atendidas por uma excelente trama.

O que eu mais gostei nessa história é como ela conseguiu me surpreender, por que durante a leitura, quando você vai conhecendo os personagens, você não espera o que esta por vir, é realmente surpreendente, a autora fez uma escolha muito acertada, mesmo que triste.

O plot da história é comum, adolescente de cidade grande depois de aprontar todas e deixar a mãe de cabelo em pé, recebe como castigo ir passar o verão no interior com a tia meio hippie, e lá ela passa a enxergar a vida de outras formas, convenhamos, né? Não é muito diferente de milhões de histórias que vemos por aí. Mas o segredo de contar uma história comum e nos surpreender é não cair nos mesmos clichês de sempre, e isso com certeza não se aplica aqui.

Depois de ser expulsa do colégio e não querer dedurar seus amigos, Jenna leva sua a mãe a exaustão e como castigo irá passar o verão com a tia riponga em Little Netherby, uma cidadezinha no interior da Inglaterra. Sua tia Sarah acaba de passar por uma grande desilusão amorosa, e por estar muito deprimida acaba delegando a Jenna responsabilidades que ela nunca teve, tudo o que a menina menos queria na vida.

E assim como muitas coisas na vida que acontece por um acaso, ou destino, o que seja, ela conhece Gabbe, o misterioso garoto da casa ao lado, aquele que ela viu pela amanhã, lendo um livro somente de jeans, e o acaso ou destino faz com que os dois se encontrem muitas vezes, e que uma atração mútua nasça ali, Jenna não esperava por nada do que aconteceria dali para frente, nunca imaginou que se apaixonar mudaria toda sua visão da vida.

Por mais que estejam bem juntos, e que saiba que Gabbe gosta dela, não há como se livrar da sensação de que ele esconde algo, que aparentemente só compartilha com Cléo, sua melhor amiga e confidente, que não vê nada bem o relacionamento dos dois.

Eu já sabia o que era o segredo de Gabbe, mas juro que se não tivesse ideia, teria sido um choque, por que não é algo que você espera, é algo devastador, e assim como faz com que Jenna enxergue a vida de outra forma, que ela deveria dar mais valor para as pessoas que a ama, que sempre passou a vida reclamando de bobagens, e principalmente de que a vida pode ser cruel com as pessoas boas, e que o amor supera tudo, mas nem sempre é o suficiente para permanecer junto, te deixa horas à fio pensando na história, e no que aconteceu depois. Pode parecer clichê, mais é muito lindo a forma como a história é contada, é realmente emocionante.

Participe da promoção que esta rolando no blog, valendo o livro Tamanho 42 não é gorda, da Meg Cabot.

Nota:


8 comentários:

  1. Ju, "Soul Love" é um livro elogiadíssimo em toda a blogosfera. Mesmo ele não sendo lançamento há um bom tempo, nunca sai do coração das blogueiras e resenhistas. Até hoje não tive a oportunidade de ler a história, entretanto, tenho a impressão de que, se já tivesse lido, reagiria de uma forma semelhante à sua.
    Deve ser um belo romance, definitivamente. E bem melancólico também. Ele me lembra de algum outro livro, agora não sei qual...
    Gostei da resenha!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Ju linda que resenha maravilhosa. Adorei a capa e pelo que vc falou deve ser interessante.
    Amiga que maratona para ler o livro, que bom que vc conseguiu e que gostou!!!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Sou apaixonada por esse livro,a história é adorável!
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Quando algo que parece clichê é bem feito, a gente sempre aproveita!

    ResponderExcluir
  5. Ola Juliana, rudo bem?
    Esse livro tem uma premissa comum, mas como você disse o segredo esta em escrever algo comum e transformá-lo em algo extraordinário. Fiquei curiosa e com vontade de ler.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  6. Oi Juliana!

    Ah, também morro de vontades de ler esse livro. A sua resenha me animou mais ainda com ele, fiquei curiosa para saber o segredo de Gabbe. E acho que dos clichês realmente podem se tirar as melhores histórias, como aconteceu com esse livro para você. Ótima a sua resenha, esclarecedora para mim.

    Beijos,

    Marcelle
    bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Juliana!
    Soul Love é realmente um dos meus livros favoritos. Li ele como se não fosse nada, apenas uma passatempo corriqueiro e no final eu estava chorando desesperada.
    Eu não sabia nada, nem o quê Gabbe escondia e sim como você falou para quem não sabia sobre esse tal segredo foi um tremendo choque.
    Pouquíssimas histórias são capazes de me fazer chorar e essa foi uma delas. Adorei sua resenha. Até mais!

    http://falandodelivrosemusica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ai, que coisa linda: ALGUÉM fez uma resenha de Soul Love na blogosfera (acho que nunca vi alguma nos blogs que visito)!
    Amo demais esse livro! E foi o único que me fez chorar. Aquele final me despedaçou :'(
    Que bom que gostou do livro.
    Bjss
    @moniqueQuimbely

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.