Leituras [Abril]

Abril é meu mês, dia 7 faço 24 anos, só para saberem, aceito presentes, ok? 
Decidi que esse mês deveria dar uma organizada nas minhas leituras, muitas vezes - na maioria - fico super empolgada para comprar um livro e quando ele chega, em vez de eu lê-lo logo - ou em um tempo razoável - não, ele fica meses na estante, não quero que isso aconteça mais, tenho excelentes livros, e fico sentido que não tem nada para ler - quem nunca fez isso? - por isso resolvi estabelecer uma meta esse mês, e se der certo faço nos próximos meses. 


Legend - Marie Lu (Skoob)
Já comecei o livro e logo nas primeiras páginas ele me ganhou, fiquei super curiosa pela história de June e Day, estou ansiosíssima para saber como eles vão se conhecer, e devido as circunstâncias o que vai acontecer, porque esse encontro promete.

Divergente - Veronica Roth (Skoob)
Eu comprei esse livro logo depois que lançou, por que só lia elogios a ele, e mesmo assim fiquei enrolando a leitura por meses, e agora que o segundo vai ser lançado dia 13 de abril, é um incentivo a mais para a leitura, senão já viu, se eu compro o segundo sem ler o primeiro, os dois vão ficar pegando poeira juntos.

Delírio - Lauren Oliver (Skoob)
Outra distopia. Eu tinha certo receio em ler esse livro, porque achava que se tratava apenas de um romance meloso com um fundo político conturbado, mas depois de deixar esse receio de lado, e procurar mais informações sobre o livro, decidi comprar, espero gostar. Sem contar que a Intrínseca lançou a sequência, Pandemônio, esse mês.

Cidade de Vidro - Cassandra Clare (Skoob)
Eu tenho esse livro há quase um ano, vergonha, vergonha, vergonha, e pior, eu já tinha começado a ler assim que terminei Cidade das Cinzas, e parei nas primeiras páginas, e só o universo sabe por que eu não continuei, essa série é muito boa, adoro livros em terceira pessoa, adoro os personagens, mas em abril eu vou terminar, e imediatamente pegar Cidade dos Anjos Caídos.



Anjo Mecânico - Cassandra Clare (Skoob)
Mais um livro da autora, e outro que todo mundo super elogia, outro que também vai ter a sequência lançada logo, e que pelo que eu já li tem um triangulo amoroso de deixar qualquer um doido, e tem steampunk, o que mais posso querer?

Fiquei com seu número - Sophie Kinsella (Skoob)
Depois de dois livros da autora, eu já me tornei fã. Comecei o livro esse mês mas não deu tempo de terminar, o livro nas primeiras páginas já ganha você, os personagens da Sophie são sempre cativantes, estou doida para saber o que vai acontecer com a Poppy.

O Hobbit - J. R. R. Tolkien (Skoob)
Shame on me, eu comprei esse livro toda empolgada por que queria ler antes de ir assistir o filme, e realmente comecei, mas quem disse que eu terminei, mas esse mês eu termino, até por que o Um clássico por mês esta se tornando o Um clássico a cada seis meses.

Fahrenheit 451 - Ray Bradbury (Skoob)
Outro livro que comecei esse mês e não deu tempo de terminar, estou adorando a história, altamente reflexiva, e mesmo sendo lançado na década de 50, é tão atual, que assusta. Provavelmente será o clássico do mês, por que falta pouco para terminar.


Procura-se um Marido - Carina Rissi (Skoob)
Eu deveria ter terminado de ler o livro esse mês, mas estou gostando tanto, que estou lendo em pequenas doses para prolongar a leitura. O livro é super engraçado e fofo, e estou na parte que a Alicia e o Max se casaram, e foram morar junto, esses dois são super lindos juntos, e tenho certeza que quando terminar o livro, vão entrar para minha lista de casais favoritos.

Destinada sepultura - Jeaniene Frost (Skoob)
É impossível descrever em palavras o quanto gosto desta série. A protagonista é foda, o mocinho é uma delícia, os personagens secundários são excelentes - e deliciosos também - e melhor, tem vários spin-off, é com certeza uma das minha séries preferidas.

Vocês já leram algum desses? Recomendam? Me digam.

A Mediadora [Série]



Eu comecei a ler A Mediadora no começo de 2011 (ou em 2010, eu não lembro direito), os 5 primeiros volumes eu li um atrás do outro, tipo, em uma semana já tinha devorado tudo, mas, quando cheguei ao último, alguma coisa me impediu de continuar, eu sentia muita vontade, mas, só de pensar em me despedir da Suzannah e Jesse, era uma tortura para o meu coração, por isso procrastinei exatos 2 anos (ou 3, eu realmente não lembro) até conseguir pegar o sexto volume e me divertir de novo com meus personagens favoritos.

Não é mistério para ninguém que eu amo os livros da Meg, e assim como outros, esses também são super especiais para mim, a história é tão fluída e apaixonante, você pode pensar que, por ter 6 volumes, seja série extensa, mas não se engane, passa tão rápido, você se diverte tanto, que quando vê já esta quase no final. Apesar de ser composta por 6 livros, uma nova trama se desenrola em cada um dos volume, não que dê para ler separado, mas é bom, por que a história apresenta novos personagens, desafios e principalmente perigos.

Não sei se vocês sabem, mas esta série é um romance sobrenatural um tanto diferente, pelo menos era para mim em 2011 (ou 2010), já que eu estava acostumada com vampiros e afins, mas nunca tinha lido nada em que o mocinho, o cara que faz a mocinha e todas as leitoras suspirarem, fosse um fantasma, e como o Jesse faz a gente suspirar, quem aí que leu a série, não gostaria de ser chamada de "Hermosa"?

Suzannah Simon é o que se conhece como mediadora, ela tem o dom - mais muitas vezes considera uma maldição - de ver fantasmas, e eles sempre tem um pedido a fazer antes de descansar em paz, por isso, desde que descobriu suas habilidades, ela ajuda os fantasmas a fazerem a passagem, mas isso exige muito dela, por que não é simples ajudá-los, por vezes ela precisa invadir, arrombar, falar com estranhos, e até sair no tapa com os fantasmas, porque acreditem, para Suzannah eles são tão sólidos, quanto humanos de verdade, e isso nem sempre acaba da melhor forma, tanto que, ela já foi escoltada para casa pela polícia incontáveis vezes.

A história começa quando Suzannah e sua mãe estão de mudança para a Califórnia, depois de anos sozinha após a morte de seu pai, a mãe da Su, encontra um novo amor, Andy, um carpinteiro/mestre-cuca, pai de três filhos, e todos agora vão morar juntos. Não é exatamente o que uma menina de 15 anos quer dá vida, mas fazer o que. O que uma menina de 15 anos também não quer da vida é dividir o seu quarto com um fantasma de 150 anos, mesmo que esse seja lindo, forte e tenha belos olhos negros. É assim que conhecemos Jesse, o fantasma do novo quarto da Su, seu espírito permanece na casa por que foi ali que ele foi assassinado. 

Suze e Jesse tem tanta química, eles formam um casal tão lindo, é sem dúvida um dos meus casais favoritos na literatura. Ela não consegue - nem quer - fazer ele ir embora, ou se afastar, a tensão entre os dois existe desde o começo, porém, algo mais sério, só acontece lá pelo quarto livro, Jesse se torna um companheiro de equipe nas missões loucas que a Suzannah se mete ao longo da série, muitos encontros com a morte, muitas saídas no meio da noite, fantasmas vingativos, e outras coisinhas mais com as quais minha querida protagonista sempre acaba topando, ele é super protetor, um verdadeiro cavaleiro, tenta fazer com que ela não se meta em confusão e crie um pouco de juízo, é tão fofo, é por isso que todas querem um de presente. 

Uma das coisas que mais gosta na série, é claro, além dos personagens, é que a história não é estagnada, não é a mesma fórmula em todos os livros, gosto principalmente quando ela descobre que seu dom, vai muito além daquilo que ela supos imaginar, no quarto livro um novo personagem entra para mudar toda a perspectiva que Suzannah tem de suas habilidades, o que culmina no último livro, em que essas habilidades serão cruciais para ela salvar a vida de quem ela ama. Gente, o último livro é tão amor, tem um final tão lindo, queria que tivesse mais, mais, e mais, acho que nunca me cansaria de ter o Jesse por perto.

Ok, calma, agora é só esperar, já que a Meg -diva-Cabot confirmou que a série terá um sétimo volume, e ela prometeu que será um livro grande, mas vai demorar um tempo para ela escrever, e isso é mais do que maravilhoso, por que Suzannah e Jesse again, e o final do sexto livro, apesar de não ser um daqueles finais que deixam grandes questões abertas, cabe perfeitamente uma continuação, e depois de tudo o que aconteceu, vai ser maravilhoso ver os dois juntos de novo.



Futuros lançamentos para 2013 (p.3)

Ufa, enfim chegamos a parte final dos livros que serão lançados esse ano, e que eu necessito ler para sobreviver. Infelizmente, alguns eu não sei com exatidão se serão lançados realmente esse ano ou não, me baseio na previsão que as próprias editoras dão, e nas informações que eu leio no Livros e Citações, que eu indico para quem quer ficar por dentro da novidades, visitem.
Parte 1 || Parte 2


The Edge of never 
Falei nos outros posts que os livros New Adult iam ser lançados aos montes aqui no Brasil, e esse é um dos livros que mais esta sendo comentado lá fora, então eu não vejo a hora de ler. Além de ser um new adult, o livro também nos oferece uma road trip, em que dois jovens se encontram por acaso, os dois com seus problemas e segredos, e com tanta proximidade vão se tornando muitas coisas, amigos, parceiros, confidentes e amantes. 
Previsão de lançamento: Maio (Em Abril saiu o e-book) | Suma das Letras

The name of star
Nesse livro conhecemos Rory, que vai estudar em um internato inglês justamente na mesma época em que uma série de assassinatos remetem aos crimes de Jack, o estripador. Por uma série de infortúnios a menina acaba testemunhando um homem misterioso perto de um dos locais de crime, e esse passa a ser o principal suspeito dos assassinatos, depois disso ela passa a receber uma série de cartas ameaçadoras. Em uma cidade cercada por câmeras que não conseguem captar o minimo vislumbre do assassino, a polícia conseguirá ou não resolver este misterioso caso?
Previsão de lançamento: Sem previsão | Rocco 

Cinder
Essa capa é tao diva, ela já tinha me chamado a atenção antes, e quando eu soube que a Rocco ia lançar aqui eu fiquei eufórica, só peço que eles por favor mantenham a capa. A autora fez uma releitura do clássico Cinderela, envolvendo muito mais que príncipes encantados e madrastas do mal - mesmo que eles existam na história -, nessa história a protagonista é um cyborg, uma parte menosprezada da sociedade, a menina trabalha como mecânica para sustentar a madrasta e as duas irmãs, quando uma delas é vitima de um vírus mortal, que assola a sociedade, Cinder sai em busca de uma cura, e nesse percurso acaba descobrindo muitas coisas sobre seu passado. Para quem gosta de romance, não se preocupe, tem um príncipe também.
Previsão de lançamento: Sem previsão | Rocco


Beautiful bastard
Só queria saber se eu realmente li Crepúsculo, por que não é possível, dá onde essa gente pervertida tirou tanta inspiração para escrever livros eróticos? Não entendo. Mas enfim, nesse livro conhecemos Chloe e Bennet, ela é secretária dele, e os dois assim que começam a trabalhar juntos não se suportam, mas sempre sucumbem ao prazer da carne e precisam lidar com essa relação, para quem não gosta de romances eróticos é bom nem passar perto desse, por que as cenas são quentes e muito frequentes. 
Previsão de lançamento: Sem previsão | Universo dos Livros

On Dublin Street
Mas um romance erótico na minha lista. Jocelyn tem um passado que quer esquecer, por isso se muda para a Irlanda para recomeçar a vida, tudo vai indo muito bem até que ela se muda para um luxuoso apartamento em Dublin Street, e conhece Braden Charmichel, ela não quer nenhum tipo de relacionamento, mas com charme o moço propõe uma relação apenas carnal,  que ela acaba aceitando. Porém ele quer muito mais que apenas sexo e ela precisa conseguir se envolver e a confiar.
Previsao de laçamento: Sem previsão | Leya

The secret of Ella and Micha
Mais um New adult super comentado lá fora que chegará aqui para gente. Ella vai para a faculdade e quer esquecer seu passado, na verdade, ela esta fugindo dele, se torna uma moça recatada e serena, muito diferente do que já foi um dia. Nas férias de verão ao retornar para casa, ela que se manter afastada do seu passado, principalmente quando ele esta tão perto, Micha, melhor amigo da vida toda, sabe que Ella não é aquela garota certinha que quer aparentar ser, e vai fazer de tudo para trazer a antiga Ella de volta, seu grande amor. 
Previsão de lançamento: Sem previsão | Geração Editorial

Wallbanger
Mais um para lista WTF essas pessoas leram em Crepúsculo para escrever fanfics eróticas. Esse livro além de apresentar um romance erótico entre dois vizinhos completamente diferentes, também é promessa de muitas, muitas risadas. Caroline não esta muito feliz em sua vida sexual, e para piorar a situação seu novo vizinho não a deixa dormir, já que a vida sexual dele sim, vai muito bem, obrigado. Os dois acabam inevitavelmente se aproximando, e Simon parece ser a solução para os problemas sentimentais e sexuais de Caroline.
Previsão de lançamento: | (A autora divulgou no twitter que a obra será publicado no brasil, mas não revelou a editora, devido o sucesso que a obra vem fazendo lá fora, é provável que chegue no Brasil ainda esse ano. Fonte: Livros e Citações)

Enquanto isso por aqui #13 [Março]


*Lidos:
  1. 13 pequenos envelopes azuis - Maureen Johnson / underworld (Skoob)
  2. Scott Pilgrim contra o mundo - Bryan Lee O'malley / Quadrinho na cia (Skoob)
  3. Os vampiros de Morganville #2: Dança das garotas mortas - Rachel Caine <3 / Underworld (Skoob)
  4. A Mediadora 6 - Meg Cabot / Galera Record (Skoob)

*Compras:
  1. Legend - / Marie Lu / Prumo (Skoob)
  2. A garota que perseguiu a lua - Sarah Addison Allen / Planeta (Skoob)
  3. Adormecida - Anna Sheehan / Lua de papel (Skoob)
  4. Scott Pilgrim Contra o mundo - Bryan Lee O'malley / Quadrinhos na cia (Skoob)
  5. Romeu Imortal - Stacey Jay / Novo Conceito (Skoob)
  6. Bela Maldade - Rebecca James / Intrínseca (Skoob)
  7. O pacifista - John Boyne / Companhia das letras (Skoob)
  8. Delírio - Lauren Oliver / Intrínseca (Skoob)
  9. Boneshaker - Cherie Priest / Underworld (Skoob)
  10. Lonely Hearts Club - Elizabeth Eulberg / Intrínseca (Skoob)
  11. A rosa do inverno - Patrícia Cabot / Essência (Skoob)
  12. Sob o céu do nunca - Veronica Rossi / Prumo (Skoob)
  13. O teorema Katherine - John Green / Intrínseca (Skoob)
Os dez primeiros livros da lista não estavam nos meus planos para esse mês, mas aí veio aquela promo louca do submarino, e eu não pude me conter, tive que comprar esses livros, gente, deu 90 reais, por que teve dez por cento de desconto, fiz as contas, para desencargo de consciência, e se eu comprasse os livros com o preço real deles, ia dar quase 300 reais. 
Os último três eram os meus planos para o mês, já comecei a ler O teorema Katherine, e estou amando, Hassan, o melhor amigo do protagonista, é tão engraçado, meu personagem favorito.

*Top 5: YA
  1. O que aconteceu com o adeus - Sarah Dessen / iD (Skoob)
  2. Will Grayson, Will Grayson - John Green e David Levithan / Galera Record (Vai ser lançado esse mês) (Skoob)
  3. Lola e o garoto da casa ao lado - Stephaine Perkins / Novo conceito (Skoob)
  4. Paper Twons - John Green / Intrínseca (Vai lançar no segundo semestre) (Skoob)
  5. O verão que mudou a minha vida - Jenny Han / Galera Record (Skoob)
*Melhor Leitura:
Meu amorzinho do mês foi Morganville #2, a história anda tomando rumos mais dramáticos, e eu estou doida para saber como as coisas vão acontecer, eu já tinha me apaixonado pela série, desde o primeiro livro, mas esse segundo confirmou o quanto essa série é boa, o quanto eu quero ler até o fim, pena que tem aquele problema com a editora, né? Vamos torcer.

*Resenha + AHHHHHHHHHH eu preciso comprar:
Eu tenho o costume de quando não consigo dormir de madrugada, ficar fuxicando pelos blogs que eu gosto e ler resenhas de livros que eu ainda não comprei para saber se vale a pena ou não, e foi numa dessas, que eu encontrei a resenha do livro Terra Ardente, eu já conhecia o livro, mas nunca tinha me dado ao trabalho de ler sobre, mas eu necessito do livro, será que dá para entender, eu P-R-E-C-I-S-O. Leiam essa resenha e entendam o motivo.

Resenha: Os vampiros de Morganville #2: Dança das Garotas Mortas


No post anterior, falei um pouquinho da minha relação de amor e ódio com a Claire, protagonista da história, e eu comecei esse livro com a mesma opinião que eu tinha dela no anterior - "POR QUE ESSA GAROTA NÃO FICA DE BOCA FECHADA" - mas quando terminei de ler, algo mudou, ela ainda continua sendo imprudente e insensata, mas ganhou valorosos ponto comigo pela sua coragem e determinação.

Morganville me conquistou muito antes de eu ler o primeiro volume, o nome da série me pegou de jeito, e quando eu finalmente li, OMG como eu me apaixonei pelo livro, aí veio aquele momento, EU PRECISO DA CONTINUAÇÃO, AGORA! E nossa, já tinham lançado aqui. Mas logo depois tomei um banho de água fria ao descobrir quantas continuações existiam, para ser preciso, no goodreads constam 15 livros da série, nem vou dizer o quanto é improvável que sejam lançados todos no Brasil, infelizmente, por que a série é boa demais.

"- Sabe, pensei que você fosse uma criaturinha frágil quando a vi pela primeira vez, Claire, mas me enganei. Você é forte. Interiormente, sabe?" pág. 132

Depois de todo o caos que se seguiu ao final do primeiro livro, o pai de Shane e seus amigos chegam a cidade para agitar mais as coisas, acontece que a mãe e irmã dele morreram por causa dos vampiros, e mesmo com a barreira psíquica imposta as pessoas que deixam a cidade, eles conseguiram se lembrar do que aconteceu - por que as pessoas que vão embora de Morganville esquecem tudo o que viram por lá - e vingança é tudo o que eles querem.

O problema de fazer a resenha desse livro sem contar spoiler, é que não dá para falar quase nada da história, o que posso dizer é que o pai do Shane é um nojento, cara, eu entendo que ele tenha perdido pessoas tão amadas, mas ele precisa ser tão escroto, fdp, com o único parente que lhe sobrou, e pior, em algumas cenas, Shane é tão submisso ao pai, que dá uma vontade de lhe dar uns tapas, e perguntar "cadê o garoto lindo e sarcástico que eu tanto amo?"

" - Tudo bem, se tenho que ser um zumbi, serei um zumbi - Claire decidiu. Eve sorriu.- O mais bonitinho que já existiu." pág. 174

O livro gira em torno da vingança de Frank Collins, e nas consequências disso para os moradores da Casa Glass. Os humanos em Morganville não passam de "janta/almoço/lanchinho", se um humano morre, é muito provável que não aconteça nada com o assassino, ainda mais se ele for um vampiro, mas matar um vampiro, ou apenas conspirar para a morte de um, é o pior crime que alguém pode acontecer, a punição é lenta e dolorosa, ninguém é poupado. Por isso, apenas de planejar a morte de centenas de vampiros, Shane e o pai estão em sérios apuros e nisso arrastam Claire, Michael e Eve.

Muitas coisas acontecem na história, e todas elas de uma forma, fizeram com que Claire, crescesse no meu conceito, apesar de ainda cometer alguns erros que te deixam de cabelo em pé, ela não só se mostrou uma pessoa inteligente para se sair de situações de risco de forma hábil, e mais ou menos salva, como também se mostrou bastante altruísta, por que se fosse eu, deixaria aquele demônio de garota explodir em chamas.

Porém a história não gira apenas em torno de Claire e Shane, todos os moradores da Casa Glass são importantes, e o que acontece com Michael, OMG, ele foi muito corajoso, e agiu por amor, ele não pode ver os amigos sofrer, sabendo que não pode fazer nada para ajudá-los, o que lhe aconteceu foi sua única opção. Eve também não fica atrás com seus dramas, eu estou doida pela continuação, por que eu quero, mesmo que ele seja pirado, conhecer o irmão dela.

"Ela o beijou. Não foi um beijo inocente. Nada disso. Sentia-se como aquelas rosas na sala de estar, densas, vermelhas e cheias de paixão, e essa era uma sensação nova para ela, absolutamente nova..." pág. 237
 Nota:


[Meme] Li até a página 100 #1


Meme do blog "Eu leio, eu conto", da Cibele, onde o blogueiro fala um pouco do livro que esta lendo. Qualquer pessoa pode participar.

Os Vampiros de Morganville #2: Dança das Garotas Mortas

Primeira frase da página 100:
" - Só um bando de garotos que adoram festa, na verdade."

Do que se trata o livro:
Nesse segundo volume as coisas ficam bem mais complicadas do que já eram, por que apesar de supostamente terem proteção da fundadora da cidade, quando alguém de seu círculo comete um grave erro e você não o reporta, você também é considerado culpado, e quando o pai de Shane volta a cidade em busca de vingança pela morte da filha e da mulher, tudo pode ficar pior.

O que esta achando até agora?
Eu sou completamente apaixonada por essa série, eu adoro vampiros, admito, e leio muitas histórias onde eles são os protagonistas, o que gostei em Morganville, foi que os vampiros são vilões, não se importam em matar ou usar os humanos como bem entendem, e o fato de eu não conseguir desgrudar do livro até chegar ao final, são indicativos de quanto eu gosto da série.

O que esta achando dos protagonistas?
Eu tenho um sério caso de amor e ódio com a Claire, entendo que ela é um tanto ingênua por conta da idade, mas ela procura confusão. Se ela tivesse permanecido de boca calada e sentada em um canto, ela não teria se metido em metade das confusões que arrumou. Uma coisa que eu admiro na personagen, mesmo que com ressalvas, é a sua coragem, principalmente quando o assunto esta relacionado com a Mônica, ela sabe que é mais fraca, mas sempre responde à altura.

Melhor quote até agora:
"Diga alguma coisa sexy, ordenou ela a si mesma em pensamento. Tomada por uma espécie de pânico, abriu a boa e disparou: 
 - Acha que eles estão trasando? - Era tão absurdo, tão ridículo, que Claire cobriu a boca com as mãos. Nunca desejara tanto poder retirar o que havia dito, e tão depressa...
Por um segundo, Shane a encarou como se não houvesse entendido a pergunta. Depois ele riu: - Espero que sim - disse. Aqueles dois estão precisando de uma boa... ah... - Ele piscou, e Claire viu a própria idade refletida nos olhos dele. - Ah, esqueça."
Vai continuar lendo?
Com toda certeza.

Última frase da página:
"Com um garoto que não era Shane."


Resenha: 13 pequenos envelopes azuis - Maureen Johnson

Acho que minha dificuldade em fazer essa resenha esta na minha relutância em admitir que eu não gostei tanto do livro quanto eu imaginei que fosse gostar. A narrativa da Maureen é gostosa, e para mim fluiu bem, mas a história passa muito rápido, acho que faltou um pouco mais de aprofundamento nas pequenas histórias que se desenrolam a partir da abertura dos envelopes.

Até onde eu sabia o livro contava a história de uma menina viajando pelo mundo, seguindo instruções deixadas pela sua tia já falecida, e basicamente é isso, mas eu esperava que Ginny explorasse mais os locais por onde ela passa, por que se eu estivesse na mesma posição, se passeasse pelas ruas de Paris, Roma, Amsterdã, se desse um rolé na Grécia, ou estivesse de passagem pela Escandinávia, eu iria querer explorar cada cantinho que tivesse direito. 

Mas assim que começa o livro, você percebe que a busca de Ginny, não está em aventuras no velho continente, na minha opinião, Ginny só aceitou partir nessa viagem para poder entender o por que sua tia foi embora sem ao menos dizer tchau. Por isso você até releva a falta de interesse da protagonista aos locais que visita, mas que é frustrante, isso é.

Após a morte da tia, Ginny recebe um pacote no qual contem instruções para que ela parta em uma jornada, essas instruções estão em pequenos envelopes azuis, e cada um só pode ser aberto assim que a pequena missão proposta no anterior seja cumprida. 

Tia Peg havia deixado esses envelopes para que Ginny seguisse em uma viagem rumo ao desconhecido, mas também como uma forma de auto-descoberta, uma forma de as duas poderem interagir pela última vez. Não sabemos logo de começo o que causou a morte de tia Peg, não que isso seja um grande mistério no livro, não é, mas quando descobrimos como ela morreu, percebemos que os envelopes, também foram uma forma de desculpa, por ela ter abandonado a sobrinha, uma forma em que elas pudessem compartilhar suas vidas uma vez mais. 

Não posso deixar de comentar que esse livro é o primeiro de uma série, mais calma, é uma série de dois livros apenas, no final da história acontece uma pequena reviravolta nos planos de Ginny, e a sequência da viagem só termina no segundo volume. Eu só espero que o Keith - ou você pensou que viajando pela Europa Ginny não iria encontrar nenhum gatinho com sotaque irresistível - apareça mais, por que ele é um personagem sensacional, por motivos de, ele usa kilt, é ruivo, escocês, artista, e super sexy. 

Nota:
Eu classifiquei como 4 estrelas por que as notas que eu dou não são quebradas, mas enfim, eu não queria colocar três, então eu deixarei assim, mas classifico como 3,5.

Resenha: Scott Pilgrim Contra o Mundo



Assim que as compras que eu fiz na última promo louca do submarino chegaram e eu peguei o primeiro volume de Scott Pilgrim contra o mundo, ele se tornou meu xodó. eu estava lendo outro livro e tive que parar para poder ler o quadrinho, e foi tão rápido,ai cara por que eu não comprei as continuações também 
:((((

Scott Pilgrim é um preguiçoso, já tem 23 anos, e nenhuma perspectiva de futuro, mora com o amigo gay, com o qual ele divide a cama, e todas as outras coisas no apartamento, ele também é um bunda mole, não liga em ser sustentado pelos outros, acho que até gosta, já que assim não precisa fazer muita coisa da vida. 

As únicas coisas que ele gosta muito de fazer é, tocar em sua banda de rock, os Sex Bob-omb, que não são lá muitos bons, mas eles fazem alguns shows, e a outra coisa que Scott adora fazer, e inexplicavelmente consegue, é namorar - e muito - o que me faz pensar, como Scott consegue tantas namoradas? 


A sua atual namorada, é Knives Chau, e ela ainda esta no colegial, é, o que Scott quer dar vida não? Todos os seus amigos acham estranho, porque, é estranho mesmo, ela é uma garota inocente, e ele é, digamos, UM VAGABUNDO, mas ele jura de pés juntos, que a única coisa que eles fizeram, até agora, é ficar de mãos dadas. Mas Scott não é um bom namorado, e seu interesse por Knives, dura até ele conhecer Ramona Flowers. 


O mais incrível é como eles se conheceram, Ramona é entregadora de uma loja online, e para cortar caminho ela passa por dentro do cérebro de Scott, já que, segundo ela existe uma rodovia subespacial que passa justamente dentro da cabeça dele - ?. E Scott fica obcecado por aquela garota, e assim que ele a vê pela primeira e percebe que ela não é um sonho, ele fica totalmente apaixonado por ela.

"Não, não... é que passa uma rodovia subespacial na sua cabeça. O que é bem prático. Dá para fazer uns cinco quilometros em 15 segundos, passando por..." Ramona

Só que para namorar Ramona, não será nada fácil, Scott precisará derrotar todos os ex-namorados do mal  de Ramona, que formam uma liga, e todos se uniram para lutar contra ele. E mesmo sendo um tanto quanto imprestável, Scott fará de tudo para ficar com Ramona, mesmo que isso signifique lutar contra pessoas super poderosas. 

A liga
A versão em inglês da HQ é dividida em seis partes, já a versão em português publicado pelo selo Quadrinho em cia, da Companhia das letras, esta dividida em três partes, infelizmente o quadrinho é em preto e branco, e por isso não dá para ver as mudanças de cor do cabelo da Ramona, como sempre o trabalho da editora esta impecável, nenhum um erro encontrado. Agora eu quero MUITO, demais da conta as duas continuações, estou doida para ver Scott lutando contra os outros ex-namorados, e também quero o filme, que assim que abaixar de preço eu compro. 


Futuros lançamentos mais aguardados 2


Segunda parte dos livros que eu mais desejo, e que serão lançados esse ano no Brasil. E OMG já comprei dois deles.

Under the never sky (Skoob)
Mais uma distopia que promete nos surpreender. Depois de um acontecimento que quase destruiu a terra, os sobreviventes formaram grupos que habitam grandes estruturas fechadas, altamente tecnológicas e com uma hierarquia politica própria. Há também os grupos que sobrevivem muito arduamente fora dessas estruturas. Após o desaparecimento da  mãe, Aria decide ir atrás dela, mais isso significa deixar a segurança de seu lar para trás, é assim que ela encontra Perry, um barbáro, que também esta buscando por alguém, a princípio ele a vê como um empecilho, mas como os opostos se atraem, os dois se vêem cada vez mais próximos e apaixonados, ao mesmo tempo que fogem de uma furiosa tempestade elétrica que já quase destruiu a terra uma vez. 
Previsão de lançamento: Março | Editora Prumo


Easy (Skoob)
O new adult é um gênero que faz bastante sucesso lá fora, e depois do estrondoso sucesso de Belo Desastre aqui no Brasil, várias editoras lançarão livros do gênero. Easy é um desses livros, conta a história de desilusões não só amorosas, mas também sobre nossas escolhas para o futuro, e outros temas polêmicos, mais necessários. A última coisa que Jacqueline esperava era levar um pé na bunda de seu namorado, aquele por quem ela desistiu do conservatorio de música e veio com ele para a faculdade, e se vê sem perspectivas de um futuro melhor, e sem conseguir se lembrar quem ela era antes do namoro, e por que ela desistiu de seu sonho pelo ex idiota. Durante uma festa ao ver seu ex-namorado com outra, Jacqueline sai de lá as pressas, mas no caminho é abordada e quase estuprada por um dos irmãos de fraternidade dele, se não fosse a chegada de Lucas - forte e tatuado - que a salva e se oferece para acompaná-la até em casa, e aí a história começa para valer. 

" O amor não é a ausência de lógica, mas a lógica examinada e recalculada, aquecida e curvada para caber nos contornos do coração."
Previsão de lançamento: Maio | Editora Verus


The Raven Boys (Skoob)
Há pelo menos um bom motivo pra ler esse livro, a autora, Maggie Stievfater. E sim, é mais um livro sobrenatural, não reclame. Blue vive com a mãe e as tias, todas videntes, mas até hoje não tinha visto nada, até que ao ir em um ritual com sua mãe, avista a presença de um espirito  de um jovem rapaz, que fala com ela, e isso não é nada bom, por que só há dois motivos pelos quais uma pessoa que não tem o dom da vidência ver um espírito na véspera do dia das bruxas: ou é seu amor verdadeiro, ou alguém que você matou. E como desgraça pouca é bobagem, a menina convive desde que nasceu com a maldição de que "se beijar o amor verdadeiro, ele irá morrer", mas as coisas pioram um pouquinho mais quando ela se depara com a versão real do espirito que viu. 
Previsão de lançamento: Setembro | Editora Verus


Such a rush (Skoob)
Depois de ler Longe Demais da Jennifer Echols e me apaixonar, fico ansiosa por todos os lançamentos da autora. Leah Jones vive constantemente se mudando com a mãe, por isso ela nunca teve uma vida estável. Mas desde sua última mudança ela encontrou uma paixão: aviões. Ao lado do parque de traillers para onde se mudou com a mãe, existe um pequeno aeroporto, e ela passa a trabalhar lá como assistente do dono, que a ensina até a voar. Depois de alguns problemas, os dois filhos do dono assumem o lugar, e Leah passa a conviver constamente com eles, e nutre uma paixão super secreta por um dos rapazes, mas até então ela nunca achou que eles prestassem atenção nela, e aí vocês podem imaginar, ou não, sei lá, eu imagino muitas coisas. 
Previsão de lançamento: | Pandorga


An abundance of Katherines (O teorema Katherine) (Skoob)
John Green, amor eterno. Esses dias eu estava relendo a resenha de An abundance of Katherines, no blog Mundo da Mel, que foi a responsável por me fazer amar JG, e lendo meu comentário de que era muito injusto de que só tivéssemos, naquela época, somente um livro do JG lançado em português. Acho que a receptividade tão positiva que A culpa é das estrelas teve, é uma das grandes responsáveis, por termos três lançamentos de livros dele esse ano, para quem não lê em inglês, isso é notícia tão boa, que nem sei dizer o quanto. Agora a história, depois de levar o décimo nono fora de uma garota chamada Katherine, isso mesmo, Collin tem algum problemas com isso, namorou dezenove Katherines e levou um fora de cada uma delas, ele decide fazer uma viagem sem rumo com o melhor amigo. Nessa viagem ele tem a grande revelação, fazer uma fórmula que preverá o futuro de qualquer relacionamento, o teorema Katherine. 
Previsão de lançamento: Março | Editora Intrínseca


Paper Towns (Skoob)
Mais John Green!!!!! Eu adoro livros narrados por garotos, não sei explicar o porquê, mas estou chegando a conclusão, de que acabo me identificando mais com o personagem, por exemplo, o Miles de Looking for Alaska, é um dos personagens com o qual eu mais me identifiquei nessa vida. Quentin é apaixonado platônicamente por Margo, em uma noite ela invade seu quarto, para juntos pregarem peças em vários alunos da escola. No dia seguinte, a menina some sem deixar nenhuma pista, a não ser para Quentin, que sem pensar se mete em uma jornada atrás da menina que ama. 
Previsão de lançamento: Segundo semestre | Editora Intrínseca


My life next door (Skoob)
Assim como com muitos livros da minha lista de desejados, a primeira vez que li sobre esse foi no blog Amount of words, e assim que terminei de ler a resenha, fiquei encantada com a história, por que por mais que eu ame livros sobrenaturais, as vezes prefiro uma história que passa longe disso. Samantha vive com sua irmã mais velha e sua mãe super rígida em uma grande casa que faz a vida parecer muito solitária, uma das coisas que Sam gosta de fazer é ficar observando os vizinhos, os Garrets, que tem oito filhos, até que um dia ela ocasionalmente fica mais próxima de um dos filhos e passa a frequentar secretamente a casa dos vizinhos, longe dos olhos da mãe, que esta muito envolvida com o novo namorado. O enredo por mais simples que pareça nos promete muitas surpresas, e claro um romance fofo, quem não gosta?
Previsão de lançamento: Provavelmente no segundo semestre| Editora Valentina


Graffiti Moon (Skoob)
Mais uma história que eu conheci através do Amount of words, e mais uma que é uma gracinha tão grande que é impossível não ficar com vontade de ler. Quem nunca teve um amor platônico, um amor que parece inatingível? Bom, Lucy esta passando por isso, ela esta apaixonada por um garoto, conhecido apenas como Shadow, ela se apaixonou por ele por conta dos desenhos de grafite que ele espalha pela cidade, em uma noite ela decide ir atrás desse garoto, e como companhia para essa aventura ele tem Ed, um garoto com o qual ela tem um passado não muito legal. A história se passa durante 24 horas e é narrado por pontos de vista diferentes, durante essa jornada um tanto insana, os dois passam por  várias coisas, e descobrem que as vezes aquilo que procuramos esta mais perto do que imaginamos.
Previsão de lançamento: Provavelmente no segundo semestre | Editora Valentina


Soulless (Alma?) (Skoob)
Quando li pela primeira vez sobre esse livro eu fiquei em um êxtase TÃO grande (leia essa resenha), que nem sei como explicar, por que ele tem todos os elementos que eu acho incrível para um livro ser bom. Esse livro se passa durante a Era Vitoriana, Alexia Taraboti tem uma série de atribulações, é atacada por um vampiro, é uma solteirona filha de um italiano, e ah, ela não tem alma. Ao ser atacada, Alexia não vê outra saída se não, se defender, e assim sem querer mata o tal vampiro, por isso a rainha Vitória, envia o Lorde Maccon - um lobo alfa - para investigar o caso. Com mais e mais vampiros desaparecendo, a srta Taraboti, passa a ser a única suspeita e precisa descobrir quem esta por trás disso.
Previsão de lançamento: Março | Editora Valentina

Meus vampiros favoritos



Academia de Vampiro
Com personagens cativantes e uma história de tirar o fôlego, Academia de Vampiro é minha série favorita. Na trama de Richelle Mead, os vampiros são diferentes dos quais estamos habituados, eles nascem com essa condição, são conhecidos como Moroi, e também podem manipular as forças da natureza (ar, fogo, agua e terra), há também os Strigois, que são Morois que mataram ao se alimentar, e por isso perderam sua magia, ganhando habilidades como super força e velocidade, podem se alimentar com sangue humano, mas é o sangue Moroi que os fortalece, por isso eles são protegidos pelos guardiões - os dampiros - que são híbridos, metade humana, metade vampiro, e têm muitas habilidades vampíricas, porém não precisam se alimentar de sangue.

Mas diferente do que você esta pensando, a protagonista do livro não é uma Moroi, e sim uma dampira, Rose Hathaway, provavelmente minha personagem favorita ever. Os morois e dampiros frequentam escolas - internatos - e ambos tem aulas normais,  e além delas os morois estudam como controlar seus elementos, e os dampiros se preparam para se tornarem guardiões, e é isso que a Rose mas quer, ser uma guardiã para proteger Lissa, ambas amigas desde a infância.

 A história começa quando as meninas, depois de fugirem, pois Rose havia sido alertada que Lissa estava em perigo, e passarem dois anos longe da escola, vivendo entre os humanos, são resgatadas e trazidas de volta a São Vladimir. Por ter ficado dois anos sem treinamento, a diretora cogitou a possibilidade de não aceitar Rose de volta, porém Dimitri, um dos guardiões responsáveis pela sua captura, se disponibiliza para ajudá-la com o treinamento.

Dessa aproximação surge uma paixão avassaladora e proibida entre os dois, mas que isso eu não posso contar, só que quando Dimitri e Rose estão juntos é como uma explosão nuclear. Os dois primeiros livros tem um desenvolvimento mais lento, é a partir do terceiro que as coisas ficam meios loucas, mais perigosas, de quebrar o coração em mil pedaços, é de arrepiar, e por isso que eu amo tanto.

"Não há nada que eu deseje mais do que manter Lissa a salvo. Infelizmente há duas coisas que, de vez em quando, complicam meu treinamento. Uma delas é que eu , às vezes, ajo sem pensar. Estou me esforçando para evitar isso e tenho melhorado, mas, quando alguma coisa me tira do sério, meu impulso imediato é o de socar primeiro e só depois ver em quem foi que eu bati. Quer dizer: quando vejo quem eu gosto em perigo... a obidiência às regras me parece opcional. " Rose pág. 9 - Aura Negra


Night Huntress
Em Night Huntress temos vampiros mais tradicionais, porém nem tanto assim, eles tem super poderes, alguns podem ler pensamentos, e até mesmo voar.

A protagonista da história é Cat Crawfield, que passou a vida inteira ouvindo de sua mãe, que ela não era normal, que era filha do demônio, a verdade é que Cat é uma híbrida, por isso quando sua mãe revelou sua verdadeira condição, praticamente a forçou a sair por aí e matar essas criaturas da noite. É assim, que ela conhece Bones, um vampiro, que também é um caçador de recompensa, e assim que descobre as habilidades de Cat, a persuade a auxiliá-lo em uma caça a um vampiro poderoso, em troca de ajuda em seu treinamento.

É claro que a aproximação faz com que os dois se tornem amantes, e aqui diferente de VA, tem várias cenas eróticas, mas elas não são dominantes, não é aquele tipo de livro que tem cenas de sexo a cada duas páginas, há uma história principal, as coisas tem um porque de acontecer.

O primeiro livro tem um final de cortar o coração, é triste, mas há esperanças, tudo se resolve depois.  Bones e Cat, são protagonistas excelentes, além do amor ser nitroglicerina pura, a história também tem bastante humor. E vai ficando cada vez melhor, e até um pouco muito louca, os livros não são independentes, mais de certa forma, cada um traz uma história diferente, pelo menos até o que eu li. Outra coisa excelente é que autora nos apresenta outros personagens que são de tirar o fôlego que também têm livros próprios - não faça essa cara de "ah eu não acredito, para que isso", se você conhecer Spade, Mencheres e Vlad, você vai querer livros deles.


Os vampiros de Morganville
Diferente das duas protagonistas das histórias anteriores, que apesar de ser bastante encrenqueiras, podem lidar muito bem com a bagunça que arrumam, Claire, a protagonista desse livro, a cada dois passos se mete em uma confusão que põe sua vida em risco, e o que irrita é que a curiosidade é que a coloca nessas situações, no mínimo desagradáveis.

Por mais incrível que pareça, ela não é detestável, nem burra, ela só é muito ingenua, eu gosto dela, por que, por mais que ela seja um desastre ambulante, ela é inteligente, e mesmo que corra perigo, ela enfrenta os desafios mais loucos que você possa imaginar.

Sua ingenuidade se explica por que Claire, só tem 16 anos e já esta na faculdade, ela é um pequeno gênio, e vai para Morganville por que era o lugar mais perto de sua casa com um centro universitário, para segurança da menina, seria muito melhor se seus pais tivessem deixado ir estudar mais longe de casa, onde ela queria.

Por que Morganville é uma cidade que parece normal, mas disso não tem nada, absolutamente. O perigo espreita em cada esquina, por que Morganville é uma cidade infestada de vampiros, e os humanos que lá vivem, para sua sobrevivência são obrigados a fazer acordos para não se tornarem comida.

A universidade é como um grande cardápio para os vampiros, já que muitos alunos são de fora e não tem nenhum acordo, justamente o que acontece com Claire, mas seus problemas mesmo começam quando sem querer ela corrige Mônica na frente de seus amigos, e a garota fica com um ódio mortal da inocente Claire, mortal mesmo, a ponto de colocar a vida da menina em perigo, tanto que ela foge do dormitório para não morrer pelas mãos da garota sádica.

E assim ela vai parar na Casa Glass, onde vivem Shane, Michael e Eve, que acolhem a garota, e contam a ela a verdade sobre a cidade. Apesar de ser bem introdutório e só ter ação quase no finalzinho, o livro é viciante, você quer mais, quer saber em qual tipo de encrenca Claire conseguirá se enfiar, e como ela conseguirá escapar disso. E só posso falar que ela cai de para queda no meio de um guerra entre duas poderosas facções, e isso mudará permanentemente sua vida.



Enquanto isso por aqui #12 + Resultado da promoção


Agradeço a todos que participaram da promoção, em breve teremos mais. A grande ganhadora do exemplar de Tamanho 42 não é gorda, é Aline Coelho! Hey flor, já mandei um e-mail para você me passar seu endereço.
















*Lidos:

  1. Nevermore - Kelly Creagh / Pandorga
  2. O Segredo Emma Corrigan - Sophie Kinsella / Record


*Aquisições: 
Compras:

  1. A Seleção - Kiera Cass / Seguinte
  2. Nevermore - Kelly Creagh / Pandorga
  1. A viagem do tigre - Coulleen Houck / Arqueiro
  2. Loucamente Sua - Rachel Gibson / Jardim dos livros
  1. Química Perfeita - Simone Elkeles / Underworld
  2. Sangue Chocolate - Annette Curtis Klause / Underworld
  1. Finale - Becca Fitzpatrick / Intrínseca (Eu comprei esse livro na pré-venda, e esqueci de por na última caixinha de correio. Gente, eu estou com um problema sério, eu não consigo ler o livro, não quero me despedir do Patch :(
  2. @mor - Daniel Glattauer / Suma das Letras (Troca)


*Top 5: Distopias

  1. Divergente
  2. Delirio
  3. Cinder
  4. Caminhos de Sangue
  5. Eve
*Melhor Leitura:
Impossível escolher, eu só li dos livros esse mês, mais os dois entraram para minha lista de favoritos, um por ser um romance fofo e hilário, é impossível não gostar de Emma Corrigan. E o outro foi um romance sobrenatural tão diferente, eu amei demais, tanto que eu não consigo fazer a resenha, e estou tão ansiosa para ler a sequencia, por que depois daquele final, meu coração ficou destruído.

*Resenha + AHHHHHH preciso comprar:
Por puro sadismo, eu fui fuxicar algumas resenhas de livros que não foram lançados ainda por aqui, e PQP, eu não posso fazer isso, eu fiquei ansiosa. Rules of Attraction, eu PRECISO LER ESSE LIVRO, o protagonista, é sarcástico, lindo e BAD BOY, quem não gosta? Essa série conta a história dos irmãos Fuentes, cada livro dedicado a um deles, o primeiro já foi lançado aqui no Brasil, Química Perfeita, que pela fé que eu deposito no universo eu lerei esse mês, aí eu fico na expectativa, quem sabe, né? O outro é da mesma autora também, Leaving Paradise, tem uma história de amor tão diferente do que eu já li por aí, eu preciso mesmo.  E por ultimo Amy and Roger's epic detour, eu adoro road trip, queria mais histórias assim. Outro livro que eu descobri e quero muito ler, e ufa, já foi lançado aqui no Brasil pela Rocco (= vou vender meu fígado para comprar) é Três metros acima do céu. 

E apesar de ser péssima para fazer listas, separei os livros que vou ler pretendo neste mês.