Retrospectiva literária 2013

Retrospectiva Literária é promovida pelo blog Pensamento Tangencial.

Eu sou péssima em programar as coisas, por isso as retrospectivas que eu queria fazer, só vão sair ano que vem, mas, para não ficar sem nada, decidi participar da Retrospectiva Literária, que é super bacana, tentei ser o mais sucinta possível, por que são muitas perguntas, espero que gostem! (Juro que tentei formatar o post, mas o blogger não deixa.)

A aventura que me tirou o fôlego: O Ladrão de Raios foi excepcional, fiquei apaixonada pelas aventuras de Percy e seus amigos, ainda preciso terminar a série, e devorar todos os livros do Rick Riordan.

O terror que me deixou sem dormir: Não li nenhum, mas as fotos no livro O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares, me deixaram levemente aterrorizada.

O suspense mais eletrizante: Eu adoro suspense policial, mas esse ano eu não li nenhum. Já é uma meta para o próximo ano.

O romance que me fez suspirar: O romance mais fofo que li esse ano foi O segredo de Emma Corrigan. Lindo e engraçado! Sophie Kinsella é mestra em romances deliciosos.

A saga que me conquistou: Percy Jackson e os Olimpianos, é tão bom quando você não espera nada de um livro (sim, eu imaginava que fosse detestar, na verdade, quando eu comprei, fiquei me perguntando por que tinha feito isso) e ele simplesmente te surpreende.

O clássico que me marcou: Queria ter lido mais, foram só dois, e o que eu mais gostei foi O apanhador no campo de centeio, um livro maravilhoso, que se tornou um favorito.

O livro que me fez refletir: Um conto de natal, é um livro lindo sobre o verdadeiro espírito natalino, e ensina em tão poucas páginas que não podemos desperdiçar a vida pensando somente em bens materiais, que as vezes não nos damos conta de quanta diferença podemos fazer na vida de alguém, e que atos simples de bondade são gratificantes e valem muito mais do que ouro.

O livro que me fez rir: The ghost and the goth foi um livro que me fez gargalhar, uma das minhas protagonistas favoritas, Alona, me fez rir demais, tirando sarro de sua própria condição de fantasma.

O livro que me fez chorar: Não teve nenhum.

O livro de fantasia que me encantou: Os filhos de Anansi é um livro incrível, é uma fantasia espetacular, aliás, como tudo que o Neil Gaiman escreve, mesclado tão perfeitamente ao mundo real, que você pensa que aquilo é totalmente plausível.

O livro que me decepcionou: Eu esperava mais de Nick e Norah, eu achei a história legal, mas foi só isso, pensei que fosse gostar mais, por isso me decepcionou.

O livro que me surpreendeu: Prazeres Malditos, eu esperava gostar, já que é sobre vampiros, mas Anita Blake me surpreendeu por ser uma protagonista badass, em um mundo louco onde vampiros e humanos convivem em uma aparente harmonia.

O thriller psicológico que me arrepiou: Infelizmente não li nenhum.

O livro mais criativo: Adorei a ideia de 13 pequenos envelopes azuis, uma pena que eu não curti tanto a história, mas é bem criativa a proposta da Maureen.

O melhor HQ: Esse ano eu li vários, e gostei de todas. Impossível escolher entre Scott Pilgrim e Kick Ass, amei as duas.

O infanto-juvenil que se superou: Eu amei Névoa. Achei a história  uma graça, adoro elfos, e ver a luta da protagonista para recuperar a irmã sequestrada por eles, e como ela cresce com essa jornada, foi muito lindo.

O livro que mudou a minha forma de ver o mundo: Li ótimos livros, mas nenhum se encaixa nessa categoria.

A capa mais bonita: Derby Girl tem uma capa linda e combina perfeitamente com a história. 

A frase que não saiu da minha cabeça:  Amei esse livro, e esse trecho é lindo.
"A primeira coisa que notei foram os olhos verdes grandes cheios de vida. Depois veio o sorriso meigo que disse mais coisas do que todas as palavras de um dicionário reunidas. É como o início de uma briga entre predadores. O beijo rolou. Assim. Uma história estranha. [...] Ah... Foi tão... Vibrante, confuso... Meu coração batia cheio de medo e de prazer. É algo como estar no céu e tocar o inferno ao mesmo tempo." Annabel e Sarah - Jim Anotsu

O(a) personagem do ano: DIFÍCIL. Vou ter que falar de duas. Alexia Tarabotti e Anita Blake, foram as melhores protagonistas que li esse ano, as duas ao seu modo são fortes, inteligentes, carismáticas, e com um poder enigmático de encontrar caras gatos. A primeira eu sabia que ia gostar antes mesmo de ler, e a outra me pegou totalmente desprevenida, em 2014 vou ler muito mais sobre elas. 

O casal perfeito: Alexia e Lord Maccon, não poderia ser outro, para mim eles são perfeitos juntos. Adoro livros em que os protagonistas se odeiam, ou tenham alguma rixa, que na verdade, máscara uma forte atração, e esses dois são assim, vivem em pé de guerra até que se apaixonam. Eu gostei tanto desses dois, que eles empataram junto à Heather e o Cooper (da série Tamanho 42) como meus casais literários favoritos.

O(a) autor(a) revelação: Com certeza foi Gail Carriger, a escrita dela é ótima, e eu me apaixonei por Alma?, quero ler todos os livros dela.

O melhor livro nacional: Só li um, mas não é só por isso que ele esta aqui, eu realmente adorei Annabel e Sarah, foi uma história bem criativa, e eu amei tudo em suas 156 páginas.

O melhor livro que li em 2013: É sempre difícil escolher, mas não me resta dúvida de que Alma? foi o meu favorito, eu me apaixonei pela história, era tudo o que eu esperava, e ainda se superou. 

Li em 2013 ...... livros: 55. Foi menos que li ano passado, e muito menos do que eu esperava. Espero ler mais ano que vem.

A minha meta literária para 2014 é: Vai ser a mesma que tinha proposto para esse ano, 100, espero poder cumprir, por que a minha lista de leitura é gigante. 



Pessoas lindas, obrigado por mais esse ano junto comigo aqui no blog, desejo a vocês um ano novo cheio de novidades, de realizações, de amor, paz, e muitos, muitos livros!

Beijos e até o ano que vem!

6 comentários:

  1. Oi Ju!
    Muito legal a ideia da retrospectiva, eu também sou péssima para programar post queria conseguir fazer isso. :)
    Alma? é um livro que tenho muita vontade de ler, mas em 2014 tenho que comprá-lo é que sempre que vou ver o preço está salgado demais. Percy Jackson é muito bom mesmo só li até o terceiro, mas quero comprar o box com a série completa porque os meus são edições econômicas, e eu não gosto deles. rsrsrsrs
    Feliz 2014, muito sucesso, alegrias, realizações e milhares de livros!

    Beijos,

    Rafa{Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  2. Ju adorei saber um pouco sobre seu ano, lemos quase a a mesma quantidade. Ainda não decidir a quantidade e quais livros vou ler esse ano. Mas estou tentada a seguir minha vontade e relaxar na quantidade.
    Menina já li tudo de Percy Jackson e é maravilhoso. Leia sim mais coisas do autor.
    Beijos querida!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  3. Você realmente não dá muita coisa por Percy Jackson (a menos que você seja bem novinho) mas é uma leitura extremamente divertida! Gosto mais de Os heróis do olimpo porque os personagens estão mais velhos e têm menos mimimi do que na série inicial, mas ela é bem legal também. Enfim, adorei o questionário, dá uma ideia bem legal do "ano literário" da pessoa...

    ResponderExcluir
  4. Muito legal a retrospectiva! Morro de vontade de ler Percy Jackson, mas sempre acabo colocando alguma leitura na frente.

    ResponderExcluir
  5. Adorei a retrospectiva! Morro de vontade de ler 13 Pequenos envelopes azuis, pena que a leitura não te agradou muito. Eu conheci O Apanhador no campo de centeio quando li As Vantagens de ser invisível e desde então tenho ficado curiosa com a obra. Você teve um ano excelente para leitura.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Ju! Adorei a retrospectiva. Também fiz uma lá no meu blog. Ainda não li Percy Jackson. Tenho que ler.

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.