Bom de Briga – Paul Pope


Autor: Paul Pope | Gênero: HQ | Série: Sim | Nota: 3

Hummm, eu não sei dizer ao certo se eu gostei ou não dessa HQ, achei a história interessante, mais muito confusa, fiquei com a sensação de que estava faltando alguma coisa para dar sentido a trama, e o traço, o que dizer, estou acostumada com HQ’s com um desenho mais bem feito, porém, isso não é um impedimento para ler, é só uma preferência pessoal. 

O meu maior problema com essa HQ, é a constante sensação de que faltou alguma coisa, eu entendo que o universo dos quadrinhos é doido, tudo pode acontecer, os cenários mudam radicalmente, personagem aparecem do nada, mas até no meio desse caos é preciso ter ordem, e eu fiquei meio sem saber o que aconteceu, e por mais que eu não seja muito detalhista nesse quesito, eu tive essa impressão e esperava mais. 

Vamos a história. Arcopolis já foi uma cidade pacífica, mas os dias de paz e sossego ficaram esquecidos no passado, agora a cidade vive em constante medo e sofrimento, desde que os monstros começaram a atacar, ninguém sabe ao certo de onde eles vieram, e o que eles realmente querem. Contudo, os cidadãos não estão inteiramente sozinhos, eles contam com a ajuda do corajoso vigilante mascarado Haggard West. 

Porém nem mesmo o mais forte dos heróis pode enfrentar tudo sozinho, e quando Haggard perece ante aos monstros, os cidadãos de Arcopólis se sentem indefesos, quem agora os defenderá? Mas, nem tudo esta perdido, após a morte de seu amado herói, Arcopolis recebe a ajuda do Bom de Briga, um garoto de uns 12 anos de idade, que veio de outra galáxia, com a missão de ajudá-los.

E aí eu fiquei assim, oi?????, perdi alguma coisa, eu não entendi qual a ligação, e nem mesmo sei se tem uma. De repente, a história muda, e do nada aparece esse garoto, cheio de poder, mas ainda um menino, o que ele tem a ver com essa cidadezinha no meio do nada?? Esses monstros, da onde vieram??? Quero respostas! Vou ler o próximo volume com certeza.


Esse exemplar foi cedido para resenha pela editora Cia das letras.

2 comentários:

  1. Oi Juliana!

    Nunca li uma HQ assim... e só de ler a sua resenha, já fiquei meio confusa também... rsrs
    Achei meio sem pé nem cabeça, com certeza... fico aguardando novidades para saber se isso desenrola... rsrs

    Beijos,

    Marcelle
    www.bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ju que viagem. Para ser sincera não tenho hábito de ler HQs, mas pelo que vc falou na resenha ele tem uma história muito louca. Mas acredito que isso seja explicado no próximo. Boa leitura. Bjos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.