Sobre... Coleções


Houve um tempo que esse blog era atualizado com mais frequência, e eu sinto falta disso, porém, eu ando tão cansada que eu só trabalho e durmo nos últimos tempos #lerêlerê. Mas estou voltando aos poucos, escrevendo alguns posts para me organizar melhor e não ficar tanto tempo sem postar nada.

Além da minha enorme coleção de livros, existem outras paixões na minha vida que dividem as estantes com meus lindos livros, minhas blythes. E é para falar um pouquinho delas que eu decidi escrever esse post. Espero que gostem. 



Eu me apaixonei por blythes em 2012, me encantava com cada uma que eu via e sonhava com o dia que eu poderia ter a minha, o que demorou, já que essas fofuras cabeçudas são bem caras, e eu não tinha um tostão para investir nelas. Mas eis que 2014 chegou e com ele o meu emprego e então, nada mais justo do que me dá uma de presente, né?

Depois que eu comprei minha primeira blythe, essa fofurinha de cabelo azul aí da foto, a Hanna, eu fui atrás dos acessórios, acontece que é muita coisa, tem lacinho para o cabelo, vestidos, blusinhas, casacos, tênis, ugh, é um mundo novo, deliciosamente colorido, que te faz querer gastar rios de dinheiro.

Depois que consegui comprar algumas peças, o próximo passo foi procurar alguém para customizar a Hanna, e é isso que eu amo nessas bonecas, você pode customizar tudo nelas, o rosto, o cabelo, os olhos e até o corpinho, e tem várias meninas que fazem um trabalho super lindo nas customizações (confira aqui e aqui). Quem customizou a Hanna, foi a Lou Grimes, que além de ser muito talentosa e habilidosa nessa área, ainda faz peças lindas como esse hat de ursinho na primeira foto, e essa mochila aqui


Por enquanto eu tenho duas blythes, a Hanna e a Marina, as duas são tbl, ou seja, são versões não originais, de qualidade inferior e preço mais baixo, e para mim esse foi o maior atrativo para escolher uma tbl, já que investir em uma original estava fora dos meus planos. Mas mesmo assim é uma boa grana a se investir, enquanto uma original pode sair por 600, 700 reais, uma tbl sai em média por 250. Além da diferença de qualidade, enquanto as tbl, vêm nua e sem nenhum acessório, as originais, que são lançadas todo mês, vem com todos os acessórios, roupas, sapatos e stand, etc. 

Essa é a Mandy Cotton Candy. (Vou contar um segredo: eu comprei ela e estou esperando chegar. Estou tão curiosa, é a minha primeira blythe original) Para ver outros modelos clique aqui
























Um site brasileiro que eu super indico para quem quer conhecer mais essas fofuras é o We Love Blythe, que me ajudou muito a entender melhor esse mundo, lá tem várias dicas e tutorias. Para comprar aqui no Brasil eu só conheço uma loja, a Ichigo Toys, vale a pena conferir, tem bastante coisa lá. Tem grupos no facebook (aqui/aqui) que são ótimos lugares para conhecer outras pessoas apaixonados  por blythes, e também são uma ótima opção para trocar ou comprar/vender itens.

  Para ver a diferença entre uma blythe customizada e uma stock (sem customização) da uma olhada na foto da Hanna como era antes. 


Alguns sites que vale a pena conhecer:

Lojas: 

Flickrs:
Juliana Pires (Eu não posto muito, mas toda vez que chega alguma novidade eu tiro umas fotos).

3 comentários:

  1. Acho essas bonequinhas tão lindas >.<, mas elas me dão um pouco de medo o.o
    Eu coleciono tanta coisa. Cd, dvd, fotos e páginas de blogs
    É meio caro fazer coleções, mas o amor material fala mais alto, certo?
    Até mais,
    Aline

    ResponderExcluir
  2. Ju adorei saber mais sobre essa sua linda mania. Essa bonequinha é uma fofura. Nossa não tinha ideia que elas eram tão caras. Mas enfim penso que cada um deve investir no que lhe faz feliz!!! Beijos e parabéns o post ficou maravilhoso!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  3. Ai que liiiiindas *-*
    Apaixonei por elas, mas coleções são coisas tão caras, né? Fora livros eu ainda tenho mangás e momijis (que também são lindas e caras </3). Fora os vícios ainda, né? Tatuagem e cabelo coloridos são outras paixões que despendem muita grana T-T

    Mas por amor a gente sempre dá um jeitinho, né? nem que seja catando moedinha dos buracos do sofá.

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.