Trilogia Too Far - Abbi Glines

Oi gente, tudo bem com vocês? Eu aqui ressurgindo dos mortos. Não vou dar desculpas, porque vocês já sabem. Eu já estava com essa resenha pronta faz um tempo, mas eu queria ler Estranha Perfeição - que vai aparecer nos próximos posts - para postá-la. Esses livros foram lançados aqui no Brasil pela editora Arqueiro.


Autor: Abbi Glines | Gênero: New adult | Série: Sim | Nota: 4

Well, Fallen Too Far vai contar a história da Blaire, que acabou de perder a mãe para uma doença e estaria completamente sozinha no mundo se não fosse pela existência do seu pai, que a abandonou quando era criança, logo depois da morte da sua irmã gêmea. O pai diz que ela deve ir para essa cidadezinha praiana chamada Rosemery e como ela não tem mais nenhum outro lugar no mundo para ir ela faz o que o ele disse. Chegando lá, ela descobre que tem um meio-irmão (na verdade ele é filho somente da madrasta, para vocês não ficarem confusos). Rush não a trata bem assim que se conhecem e deixa-a ficar na casa apenas porque REALMENTE ela não tinha para onde ir. Com o passar dos dias a gente vê que o relacionamento deles vai mudando apesar das tentativas de Rush de se afastar.

“Aah, mas Julia, eu já sei o que vai acontecer.” Esse é o pensamento de quem está lendo essa resenha e é realmente o que vocês estão achando. Mas eu digo para vocês que essa história é bem mais que isso. Não vou falar mais nada, porque não quero estragar a surpresa, mas posso dizer que é completamente inesperado.

*Minha cara ao terminar o livro* 



Eu achava que não fosse gostar tanto assim desse livro porque ele se passa na praia. Não, eu não gosto de praia – pelo menos não muito. Se me perguntarem se eu quero ir para Porto Alegre, por exemplo, ou para a praia do Cassino aqui do RS, eu com certeza iria querer ir para Porto Alegre, mas isso não vem ao caso agora – e sim eu tenho preconceito com livros que se passam na praia. Não me pergunte por quê.

Mas enfim, Fallen too Far acabou sendo uma bela surpresa. Os personagens são super cativantes, gostei muito que a Abbi deu um espaço para os personagens secundários, mas sou um tanto suspeita para dizer isso, porque eu AMO quando essas coisas acontecem. Rush é apaixonante e Blaire é um amor. A escrita da autora não é nada espetacular, mas é gostosinha de ler e te deixa ansiosa(o) para saber o que vai acontecer. A única coisa que eu não gostei muito foi a maneira que ela estendeu a história durante os três livros. Poderiam ter sido dois livros só, com o segundo sendo um pouco maior e cortando vários acontecimentos um tanto desnecessários. Não vou entrar em detalhes sobre as sinopses do segundo e terceiro livro, porque não acho que muita gente conheça ou tenha lido pelo menos até o segundo, então vou falar rapidamente o que achei dos dois últimos.

O início de Never Too Far é angustiante, mas aos poucos as coisas vão se acalmando e o final é lindo. Os personagens não resolvem os conflitos internos e nem externos, mas dão uma chance para tentar. Eu gostei mais do primeiro, mas esse também foi amorzinho. Já Forever Too Far foi o mais fraquinho de todos. Como eu falei, ela poderia ter sintetizado a história toda em dois livros que não perderíamos muita coisa. Mas eu acredito que a própria autora tenha problemas com uma personagem intragável. Nannette. Gente, que menina chata! Chata e mal resolvida com a vida. Até certo ponto dá para entender – e as coisas que ela faz ajuda a dar um toque na história –, mas chega uma hora que basta. O pior é que ela não evolui durante e nem no final da trilogia. E autora disse que não pretende escrever um livro só para Nan, o que significa que ela vai passar mais os três livros da próxima trilogia e não duvido se ela não se resolver.

Enfim, eu recomendo esses livros apesar de tudo, principalmente o primeiro e o segundo.

PS.: Viram o último post? O blog está fazendo 3 anos essa semana e tem uma super promoção rolando. Vou aproveitar esse momento para dizer que eu sou muito feliz por ter entrado para nossa equipe de duas, haha, e que eu adoro os comentários de vocês, ainda que eu não consiga responder sempre. Estão no meu coração. <3


Beijinhos 

5 comentários:

  1. Não sabia que era surpreendente assim! Confesso que não dei 'muita bola' por se tratar de um NA e ter esse pensamento que falastes no post,rs. Mas seu comentário me deixou bem interessada D: Só que é mais uma série que me interesso e já estou cheias pra ler :'( Ainda bem que é apenas uma trilogia.rs

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Julia!
    Gosto bastante dessa série. Já li os dois primeiros e falta o último que vou ler em breve. O Rush é a coisa mais fofa e a Abbi já conseguiu me conquistar com seus personagens cativantes! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  3. Julia, sou apaixonada por essa trilogia e já contagiei umas 10 meninas com ela HSUAHSUAHS É INCRÍVEL!

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Li o primeiro volume dessa trilogia e nem amei ou odiei, eu só achei gostosinho de ler e só. Minha cara ficou igual a sua quando terminei Fallen too Far :O Estou esperando receber o segundo volume agora. Fiquei triste em saber que a história meio que decai nas continuações rs mas vou ler mesmo assim.

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
  5. Acho que vou gostar, pois adoro praia. Gosto de livros que nos deixam "de boca aberta".

    Adorei o blog! Estou seguindo.

    Ficarei feliz com uma visita sua ao meu blog!
    www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.