Retrospectiva Literária 2014


2014 não foi meu melhor ano literário, porém, já é tradição participar da RetrospectivaLiterária, então não podia faltar. Ainda na primeira semana de janeiro eu vou fazer alguns posts sobre o ano que passou e algumas resoluções para 2015, e vou falar um pouco sobre as mudanças pelas quais o blog vai passar. Espero que curtam.


Mini-resenhas: #4 (Mangás)

Assassination Classroom #2


Eu procurei meu volume para tirar foto, mas no momento ele estava ocupado demais e eu não achei ele.

Autor: Yusei Matsui | Editora: Panini Comics | Gênero: Manga | Série: Sim | Nota: 5/5 

Estou cada vez mais apaixonada por esse manga. Koro-sensei é o melhor professor do mundo, claro, tirando todo aquele negócio de destruição do mundo e blá blá blá, mas isso é um mero detalhe. Eu ainda estou super intrigada com o rumo que a história está tomando, e a falta de explicação sobre o professor me deixa maluca, o que ele quer afinal? Hã?? Hein? Não consigo imaginar. Só sei que ele demonstra se importar com os alunos da Turma E, muito mais que qualquer um, sabe aquele professor que conhece o aluno e o estimula dar o melhor de si, esse é o Koro-sensei!!! Gostei a introdução a Irina-sensei, e as cenas dela são hilárias, juro que não esperava ver Koro-sensei tão assanhado. Fiquei revoltada pela forma como funciona o sistema educacional escola Kunugigaoka, sério, tem que ter mais do que aquilo, ugh que vontade de dar uma voadora naquele diretor.  E o finallll, como assim acabou daquele jeito??????? Cadê continuação, necessito. 

[Resenha] Estranha Perfeição por Abbi Glines


Autora: Abbi Glines | Editora: Arqueiro | Gênero: New Adult | Série: Sim | Nota: 2/5

Della Sloane pode ser a última pessoa que você queria ter por perto. Nossa personagem principal tem um passado realmente sombrio e continua sendo atormentada por ele, não importando o quanto Braden, sua melhor amiga tenta ajuda-la. É por isso que ela toma uma decisão que pode mudar o jeito como ela vê a vida e a si mesma para sempre, ou seja, fazer uma viagem de carro sem destino. Porém, as coisas ficam complicadas quando chega a hora de abastecer. Para quem não sabe, o povo lá dos EUA enche o seu próprio tanque, sem que ninguém que trabalhe em um posto de gasolina os ajude. Della nunca tinha dirigido muito e nunca tinha precisado fazer isso então é uma falha até que justificável.

MAS, ela descobre que não está sozinha e se depara com um jovem lindo de morrer que, para provar ser um cavalheiro, ajuda Della e ainda a convida para jantar. Woods e Della acabam passando a noite juntos e depois disso, acham que nunca mais vão se ver de novo.

Aah, se a vida fosse tão fácil assim.