Bienal do Livro 2015: A experiência


Dia 12 de setembro foi um dia corrido, acordei cedo, fiquei mais de seis horas em um ônibus, peguei chuva, enfrentei fila, gastei tudo o que tinha, minhas pernas doeram, e fui sozinha para o Rio pela primeira vez, resumindo, apesar do cansaço, e das contas quase no vermelho, o dia em que estive na Bienal foi um dos mais especiais do ano.

Eu moro há umas três horas do Rio, então, no ultimo final de semana da Bienal, eu, minha irmã, e um amigo, pegamos um ônibus às 6:30 rumo a cidade maravilhosa, foi minha primeira experiencia sozinha na cidade, foi amedorentador, por que meus companheiros de viagem eram tão inexperientes quanto eu, felizmente, meu maior problema foi a duração da viagem, nada que tenha retirado a graça do passeio. 

Mesmo sem nenhuma experiencia em me locomover no Rio, fiz o dever de casa direitinho, peguei dicas com conhecidos, pesquisei sobre como chegar ao evento, e também comprei passagens e ingressos antecipados, só assim me senti tranquila para viajar e conseguir aproveitar a Bienal.

Como foi a primeira vez que eu fui, acho que poderia ter feito um planejamento melhor, e aproveitado mais, me divertido muito, veja bem, mas eu estava comprando livro para três pessoas e minha verba acabou rapidinho, e eu não tive coragem de ir em estandes como o da Galera Record e Intrinseca, meu cartão não sobreviveria. Mas eu volto em 2017!!!

A parte mais tensa do passeio foi a volta, comprei passagem para bem tarde, às 22:00, eu queria ver o Jovem Nerd e o Azaghal, mas ficaria muito tarde, então nós decidimos ficar até umas 19:00, porém, por volta das 16:00, estávamos tão cansados e esgotados, que decidimos ir embora para ver se conseguíamos trocar a passagem, só não contávamos com uma coisa, a chuva, e a saída para pegar ônibus estava completamente caótica e desorganizada.

Sem brincadeira, nos saímos da bienal às 16:30 e chegamos na Rodoviária Novo Rio, exatamente às 21:00, pensa na loucura que é isso, fiquei seriamente preocupada de que não conseguiríamos chegar a tempo, não quero nem pensar o que aconteceria se saíssemos de lá na hora que eu pretendia inicialmente.

Apesar dos momentos tensos, foi uma ótima experiencia, aprendi valiosas lições que vão fazer a Bienal de 2017 ser ainda melhor, por exemplo, ir num dia de semana, ou pelo menos, no primeiro final de semana, reservar uma verba maior em cash, e evitar o cartão de crédito, e se possível, ficar num hostel, pelo menos, para aproveitar mais um dia. Tenho certeza que vai ser ainda melhor.

Saldo final:

5 comentários:

  1. Oi Juliana, tudo bem?
    Nossa, imagina a loucura que deve ter sido, mas graças a Deus deu tudo certo. Você ótimas aquisições, Os Bons Segredos é um livro maravilhoso, espero que você goste.
    Eu pretendo me programar pra ir na Bienal do ano que vem, espero conseguir, mas me arrependo de não ter tentado ir na desse ano, tinha muitos autores que eu realmente gostaria de ter conhecido.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A minha também foi a primeira experiência e com certeza já tenho ótimos aprendizados para a próxima :D

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ju!
    A Bienal é um sonho pra mim. Moro muito longe então preciso de um planejamento ainda maior, talvez 2017 seja o meu ano de conhecer esse paraíso! Para mim não funcionaria levar cartão de crédito senão sairia totalmente falida de lá, gastaria horrores com certeza! hahaha
    Adorei suas compras! O céu está em todo lugar é um livro ótimo. :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    hahaha nossa, eu também fui à Bienal nesse dia. Mas eu sou de São Paulo, então a minha viagem foi mais longa! Na semana da Bienal eu não tive aula na faculdade, então eu viajei para a Região dos Lagos e no segundo fds fui para o Rio. Uma amiga minha foi comigo, então me senti mais segura. Eu já viajei sozinha, mas teria muito medo de ir ao Rio sozinha (ah, a violência que a mídia tanto enfatiza). A viagem foi muito boa, mas como você disse, eu também teria me preparado mais financeiramente para este dia. Comprei poucos livros... Mas sei lá, na real, eu não vejo sentido em comprar caros na Bienal, sendo que vou ter carregá-los. Acho muito melhor comprar pela internet, porque é mais barato e já chega na minha casa, hahaha
    Você fez ótimas compras! Quero muito ler "Um Ano Inesquecível" e "Os Bons Segredos".

    Enfim, também quero ir à Bienal de 2017! :)

    Beijos!
    Mari,
    Ler é Conhecer | Post sobre a Bienal do Rio

    ResponderExcluir
  5. Muitas tribulações, mas que bom que houve recompensas no final, fora os livros né <3 Quero muito algum dia viver essa experiência de ir à alguma Bienal *O*

    Beijos!
    Meu Outro Lado

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.