[TAG] No país das maravilhas

Depois daquele trailer maravilhoso de Alice através do espelho, decidi responder essa tag rapidinha aqui no blog. Espero que gostem!!!!

Alice: um livro que te fez cair em um mundo completamente diferente
Jogos Vorazes. Conhecer os distritos e a crueldade da Capital foi uma imersão num mundo pós-apocalíptico, e minha primeira experiência com distopia, me deixou sem fôlego.

Chapeleiro Maluco: um livro com um protagonista louco
Acho que não li nenhum livro com uma protagonista tão maluca quanto Delilah Darling de Qual o seu número? Em sua roadtrip para reencontrar os ex-namorados, e o futuro marido, Delilah protagoniza situações cômicas que beiram ao absurdo. Acho muito justo dizer que ela é a protagonista mais doida de pedra que eu tive o prazer de ler.  

Coelho Branco: um livro que atrasou suas leituras
Há quase quatro anos atrás, ou mais, realmente não lembro, cai na besteira de ler um livro chamado Melancia, agora, me desculpa se você é fã do livro ou da autora, ô coisinha intragável, a leitura foi arrastada, frustrada, irritante, e traumatizante.

Gato risonho: um livro que te fez rir muito
Um dos meus livros favoritos da Meg Cabot, é o segundo da série Boy, Garoto encontra Garota, ri tanto com esse livro, sabe quando a barriga doí, inclusive, pretendo reler os dois primeiros livros da série de novo, para me apaixonar outra vez por esses personagens.

Lagarta azul: um livro que fez você refletir
Li A cama na varanda, da Regina Navarro Lins, há uns quatro anos, e para o meu eu de 22 anos, cheia de dúvidas sobre a vida, o universo e tudo mais, o que eu encontrei no livro foi um conforto de encontrar respaldo para os meus mais íntimos pensamentos. 

Tweedledee e Tweedledum: dois livros que são parecidos
A série Covenant, da autora Jennifer L. Armentrout, parece ser uma fusão de outras duas: Vampire Academy e Percy Jackson, olha a responsabilidade! Li só o primeiro livro da série, e a história é muito semelhante em vários pontos, mas também tem suas particularidades que a deixa unica. Recomendo!!! 

Rainha de Copas: um livro cujo autor adora matar personagens
Eu não leio mais House of Night, por que depois do livro 6/7 a história começou a ficar chata, mas até hoje uma das mortes que mais me abalaram *SPOILER* foi a morte do Loren Blake no terceiro livro *FIM DO SPOILER* ele era um cafajeste, eu sei, mas não podia ter morrido, sofro até hoje.