Os melhores de 2015

O ano passou voando, quando vi já era dezembro e estava montando a árvore de natal, e agora já é quase fim de janeiro. 2015 foi um ano bom em vários sentidos, cresci profissionalmente, fui a um show fantástico, coloquei a casa em ordem, comecei a ler Harry Potter, vi filmes incríveis, vi doramas, fui a Bienal!!!!, deixei o cabelo crescer, venci o Rio de Janeiro, e se possível, fiquei ainda mais nerd e fujoshi.

Enfim, foi um ano especial e para começar 2016 com o pé direito, nada melhor do que relembrar o que fez de 2015 um ano tão bom, para não fazer um post sobre cada assunto, vou escrever tudo aqui mesmo, assim, emboladinho. Espero que gostem!!!

Cinema: Star Wars: O despertar da força
Não tenho vergonha de dizer que só comecei a gostar de Star Wars agora, todo esse hype que o novo filme gerou, me deixou curiosa para entender por que esse universo é tão amado. Acho que nunca é tarde para se tornar fã. Agora quero conhecer mais do universo expandido. PS: É fácil entender por que todo mundo é tão apaixonado.

Séries: Sense8
Assinei a Netflix só por causa de Sense8, obviamente foi a melhor coisa que já fiz na minha vida! A série é divertida, mesmo quando você não esta entendendo nada, os personagens, a maioria pelo menos, são apaixonantes, como a Sun, que é minha diva, lutadora, fodona, lacradora. Eu preciso da segunda temporada já!!

Música: Made - Big Bang
Em 2015, o Big Bang fez o seu comeback, quase três anos depois do sucesso Fantastic Baby, e eu tive a oportunidade fantástica(!) de conhecer e me apaixonar por esse grupo, que hoje é o meu favorito absoluto. O albúm Made teve 8 faixas, acompanhadas de 7 MV's, foram meses curtindo e esperando qual seria o próximo lançamento e como ele acabaria comigo, minhas músicas favoritas foram: Bae Bae, Bang Bang Bang e Let's Not Fall in Love.   

Livros: Cut and Run (série)
Cut and Run é uma série de nove livros, que conta desde o início o relacionamento entre os agentes do FBI Tyler Beaumont e Zane Garret, a principio os dois se destetam, e formam o casal mais improvável ever, mas a química inegável entre os dois, evolui de uma forte atração, para um relacionamento intenso, cheio de altos e baixos, revelações bombásticas, tiros, violência e amor. Terminei o sétimo livro na semana passada, realizei que falta apenas dois para o fim, não estou lidando muito bem, esta difícil.

Game: Remember Me
Remember me é exatamente o tipo de jogo que eu gosto: sair por aí distribuindo porrada, é relaxante. O jogo foi lançado em 2013, não sei se teve repercussão na época, por que é um jogo pouco falado, mas é sensacional. Vi um gameplay num canal gringo, e fiquei obcecada, ele é simples, mas tem suas dificuldades, uns puzzles legais, e até um plot twist (por mais que estivesse na cara).

HQ's//Mangás//Graphic Novel: Muitas emoções
Eu cumpri a minha principal meta literária do ano, li mais de 50 mangás/hq's/graphic novels, portanto escolher os melhores é um pouco difícil, por que cada um foi especial a sua maneira. Para eleger de forma justa, vou escolher três, em HQ, a grande surpresa foi Miss Marvel, uma super heroína muçulmana? É claro que eu tinha que ler (a Panini está lançado o primeiro encadernado no Brasil). Meu mangá favorito foi um que me fez chorar de um jeito que nenhum outro tinha feito antes, Dengeki Daisy tem uma história maravilhosa, emocionante e divertida. E por fim, Nimona foi a última coisa que li em 2015 e fez um estrago no meu coração, me levando as lágrimas, a história é bem diferente do que eu esperava, e me conquistou de um jeito único (estou reunindo forças para escrever uma resenha que seja a altura da história).

3 comentários:

  1. Gostei da forma como você trouxe os melhores de 2015, tudo junto :D
    Gosto dos filmes de Star Wars mas acabei que ainda não fui ver esse mais novo no cinema (Preciso me programar urgente pois essa semana é a última dele aqui nos cinemas da minha região). Fiquei curiosa para ler os livros da série Cut and Run.

    Já ouvi falar bastante de Sense8 mas eu acompanho tantas séries que no momento não posso adicionar mais nenhuma na minha lista.

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju, fico muito feliz por 2015 ter sido um ótimo ano para você, eu também tive várias realizações, começei a fazer yoga e foi maravilhoso, na verdade continua sendo..

    Eu também Amei Sense8, assino Netflix faz tempo já e adoro as séries em sua maioria, recentemente assisti Jessica Jones e Amei!!

    Beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oi!! Eu falo muito abobrinha, então obrigado por comentar.

Lembre-se de ter cuidado com os spoilers, e sempre respeite as opiniões contrárias.